Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

"A CULPA DO GOL É DO PULGAR"! JORNALISTA DETONA ATUAÇÃO DO FLAMENGO EM PROGRAMA AO VIVO

Análise crítica da jogada que resultou em gol e suas implicações no desempenho da equipe

Foto: Internet/ Flamengo
Foto: Internet/ Flamengo

  |

Icon Comentário0

No contexto do jogo recente, onde o time enfrentava condições adversas, com um jogador a mais em campo e liderando o placar, a escolha de Rossi foi questionável. O desempenho da equipe já estava abaixo do esperado, e a decisão de arriscar um passe arriscado para frente, quando havia uma opção segura disponível, pode ter sido determinante para o desfecho negativo.

A jogada em questão envolveu um passe do Pulgar, que resultou em um erro de domínio no jogo. Não há dúvidas de que o erro inicial foi do Pulgar, mas a decisão de Rossi em tentar um passe arriscado em vez de optar pela opção mais conservadora também deve ser considerada.


FLAMENGO FAZ PÉSSIMO JOGO

É importante reconhecer que, em circunstâncias normais, encorajar esse tipo de passe pode ser visto como parte do jogo, incentivando a criatividade e a iniciativa dos jogadores. No entanto, dadas as condições específicas da partida, com o time enfrentando desafios adicionais como a altitude, a cautela e a segurança deveriam ter sido priorizadas.

O fato de Rossi ter optado por forçar o passe, quando havia uma alternativa mais segura disponível, sugere uma falta de discernimento em avaliar o contexto do jogo e adaptar sua abordagem de acordo. Isso levanta questões sobre a capacidade do jogador em lidar com situações de pressão e tomar decisões cruciais durante o jogo.


Além disso, o erro de domínio resultante do passe arriscado de Rossi acabou contribuindo para o gol adversário, aumentando ainda mais a gravidade de sua escolha. Em um jogo onde cada erro pode ter consequências significativas, é fundamental que os jogadores ajam com responsabilidade e considerem o impacto de suas decisões no resultado final da equipe.



Futebol

VISH! CBF PÕE NA GELADEIRA O ÁRBITRO DE ATLÉTICO-GO X FLAMENGO

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues fez reunião em tom de cobrança com o presidente da comissão de arbitragem, Wilson Seneme

Marcelo Cortes/CRF
Marcelo Cortes/CRF

  |

Icon Comentário0

O Campeonato Brasileiro 2024 começou repleto de polêmicas de arbitragem. A vitória do Flamengo por 2 a 1 sobre o Atlético-GO, nesse domingo (14), foi a partida que provocou as maiores discussões entre torcedores e analistas. O árbitro André Luiz Skettino, de Minas Gerais, foi duramente criticado por marcar pênalti polêmico para o Flamengo no final do jogo, mas também por não ter expulsado Alejo após solada no peito de Ayrton Lucas.

Nesta terça (16) a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu tomar uma atitude em relação às polêmicas de arbitragem na 1ª rodada do Campeonato Brasileiro. De acordo com matéria do repórter Rodrigo Mattos, no UOL, o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues cobrou o chefe da comissão de arbitragem Wilson Seneme, em reunião nesta segunda (15).


Na reunião e tom de cobrança por melhores atuações, Ednaldo Rodrigues exigiu uma renovação com qualidade do quadro deárbitros das Séries A e B do Cmapeonato Brasileiro. Como decisão prática, três árbitros foram afastados das próximas rodadas para passarem por reciclagem. São eles André Luiz Skettino (Atlético-GO 1×2 Flamengo), Flávio Rodrigues de Souza (Vasco 2×1 Grêmio) e Yuri Elino (Corinthians 0x0 Atlético-MG).


Principais árbitros da CBF estão em curso nos Estados Unidos

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2024 foi marcada por uma grande ausência. Os principais árbitros do país não atuaram, pois estavam em curso técnico realizado nos Estados Unidos. Wilton Pereira Sampaio, Rafael Klaus, Ramon Abatti e Anderson Daronco retornaram ao Brasil após estadia em Miami, Flórida.


O gaúcho Anderson Daronco já vai trabalhar nesta quarta (17), na partida entre Flamrngo e São Paulo, no Maracanã. O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, reforçou o pedido a Seneme para que novos árbitros de qualidade surjam no cenário, principalmente aqueles que estejam familiarizados com as novas tecnologias.


Futebol

BOA NOTÍCIA? ALVO DO FLAMENGO É AFASTADO DO ELENCO DE TIME PORTUGUÊS

Flamengo fez proposta no início do ano e mantém interesse na contratação do atleta

Foto: Diego Alarcon
Foto: Diego Alarcon

  |

Icon Comentário0

Alvo do Flamengo na primeira janela de transferências da temporada, o meia André Franco foi afastado e não deve mais entrar em campo pelo FC Porto. O volante e outros três atletas passaram a treinar separado do elenco após empate em 2 a 2 com o Famalicão, no sábado (13), e o técnico Sérgio Conceição deixou clara sua irritação com os jogadores ao comentar a decisão.

“Agora tenho que justificar meu trabalho? Falar aqui cria situações em que não há nada a dizer. Posso decidir que seis ou sete jogadores façam um trabalho específico, em horários diferentes. Não há mais a dizer. Para jogar no Porto não basta ter contrato, seja para jogar ou trabalhar”, disse o treinador em coletiva nesta terça-feira (16).


De acordo com o jornal Record, a diretoria do clube estava muito incomodada com o desempenho do quarteto nos últimos jogos. Assim, em decisão conjunta com o treinador, os jogadores foram afastados e não devem mais entrar em campo até o fim da temporada, em maio.



O Flamengo tentou contratar André Franco no início da temporada e, ainda interessado no atleta, pode se beneficiar dos problemas com o clube. O time ofereceu 4 milhões de euros (R$ 21,5 milhões, na cotação da época), mas o Porto recusou e o negócio não avançou. O objetivo rubro-negro já era apresentar uma nova oferta na janela de transferência que abrirá em julho.


As informações são que o Porto originalmente gostaria de valores entre 7 e 8 milhões de euros pela liberar o jogador, algo em torno de R$ 39 e R$ 44,7 milhões. A expectativa, no entanto, é que o time flexibilize exigências na próxima janela para encontrar novo clube para o atleta. O Fla muito provavelmente tentará o reforço.

André Franco disputou 23 partidas na temporada, 12 como titular, com um gol e três assistências. O volante tem média de 89% de acerto nos passes, 1,7 bola recuperada por partida e se destaca principalmente pela capacidade de defender a própria área e atacar o campo adversário com intensidade.

Marcos Braz comentou possibilidade do Flamengo ir ao mercado no meio do ano

O Flamengo gastou R$ 161 milhões e fechou seu elenco para o início da temporada com quatro reforços: De La Cruz, Viña, Léo Ortiz e Carlinhos. No entanto, o grupo ainda sofre com algumas lacunas, como a lateral-direita e meio-campo, e os dirigentes admitem a possibilidade de novas contratações na janela do meio do ano.

Durante apresentação do atacante Carlinhos, na última sexta-feira (12), o vice de futebol Marcos Braz afirmou que o time está sempre monitorando o mercado. Ele garantiu que o Fla fará nova movimentação caso perca algum atleta ou o técnico Tite faça algum pedido específico.

Vale lembrar que o Fla tentou a contratação de André Franco e Maycon, do Corinthians, antes do fechamento da janela. Ofertas que indicam a avaliação da comissão técnica de necessidade de mais um meio-campista no elenco.


Futebol

REUNIÃO NA PREFEITURA! FLAMENGO E EDUARDO PAES BUSCAM SOLUÇÕES PARA REDUÇÃO DE CUSTOS DO ESTÁDIO

A reunião na Prefeitura do Rio de Janeiro representa um passo significativo em direção a uma abordagem colaborativa e multifacetada para enfrentar os desafios associados à construção do estádio do Flamengo

Foto: Internet
Foto: Internet

  |

Icon Comentário0

Perspectivas de economia para o Flamengo estão em jogo durante uma reunião estratégica entre representantes do clube e o prefeito Eduardo Paes na Prefeitura do Rio de Janeiro. O encontro, que contou com a presença do deputado federal Pedro Paulo, consolidou a possibilidade de utilizar o Transferência do Direito de Construir (TDC) como uma ferramenta para mitigar os custos de construção do estádio rubro-negro. SUBSÍDIO AO POTENCIAL CONSTRUTIVO: UMA NOVA ABORDAGEM PARA A SUSTENTABILIDADE FINANCEIRA DO FLAMENGO

O principal ponto de discussão girou em torno da transferência do "potencial construtivo" da área da Gávea para um fundo que detém o terreno no Gasômetro. Essa estratégia permitiria aos cotistas do terreno no Gasômetro compensarem possíveis perdas na região, enquanto ofereceria ao Flamengo uma oportunidade de reduzir os custos de construção do tão aguardado estádio.


A mudança de direção na discussão, anteriormente centrada nas negociações com a Caixa Econômica Federal, evidencia uma abordagem inovadora e colaborativa entre o clube e a administração municipal. A alternativa do TDC, agora em consideração, representa um marco significativo na busca por soluções financeiramente viáveis para o projeto do estádio.

Segundo fontes próximas à reunião, Eduardo Paes demonstrou otimismo em relação à proposta, destacando sua relevância não apenas para o Flamengo, mas também para a revitalização e o desenvolvimento econômico de áreas estratégicas da cidade.


O deputado federal Pedro Paulo, figura chave no cenário político carioca e aliado do prefeito, expressou confiança na abordagem colaborativa entre o poder público e o setor privado. Sua presença na reunião reforça o compromisso de encontrar soluções inovadoras e socialmente responsáveis para desafios urbanos complexos, como a construção de infraestrutura esportiva de qualidade.



envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

"ELE VAI EXPLODIR": TÉCNICO DO NOVA IGUAÇU CRAVA SUCESSO DE CARLINHOS NO FLAMENGO

 

Icon Comentário0
Futebol

BAIXINHO DE VOLTA! ROMÁRIO É INSCRITO PELO AMÉRICA PARA A DISPUTA DA SEGUNDA DIVISÃO DO CARIOCA

 

Icon Comentário0
Futebol

NOVO JOGADOR PARA O FLAMENGO? EMPRESÁRIO DO CRAQUE SE PRONUNCIA APÓS ESPECULAÇÕES

 

Icon Comentário0