Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

BAIXA EXPRESSIVA! FLAMENGO TEM JOGADOR DE FORA DA PARTIDA CONTRA O AMAZONAS

A ausência do atacante certamente muda a dinâmica da equipe

Foto: Internet/Flamengo
Foto: Internet/Flamengo

  |

Icon Comentário0

O Flamengo terá um desfalque importante no confronto contra o Amazonas pela Copa do Brasil. Bruno Henrique, camisa 27 do time, não será relacionado para a partida e, consequentemente, não viajará com a delegação para Manaus. A decisão foi tomada devido à recuperação de uma entorse no tornozelo esquerdo que o atacante sofreu recentemente.

Bruno Henrique, um dos principais jogadores do elenco rubro-negro, tem sido uma peça-chave nas conquistas do Flamengo nos últimos anos. Sua ausência será sentida tanto pela qualidade técnica quanto pela experiência que ele traz ao time em momentos decisivos. O atacante está em fase final de recuperação, mas a comissão técnica optou por não arriscar uma possível piora na lesão.


FLAMENGO TEM BAIXA EXPRESSIVA 

Sem Bruno Henrique, o técnico do Flamengo terá que buscar alternativas para montar a equipe que enfrentará o Amazonas. A expectativa é que outros jogadores do elenco sejam testados para preencher a lacuna deixada pelo atacante. Com um calendário apertado e partidas decisivas pela frente, é crucial que o time consiga se adaptar rapidamente às ausências dos seus principais atletas.

A recuperação de Bruno Henrique é monitorada de perto pela equipe médica do Flamengo. O objetivo é garantir que o jogador retorne aos gramados em plena forma, evitando recaídas que possam comprometer seu desempenho no restante da temporada. Embora a ausência do camisa 27 seja uma perda significativa, o Flamengo conta com um elenco robusto e qualificado para enfrentar os desafios que estão por vir.



Futebol

DIRIGENTE DO FLAMENGO ABRE O JOGO SOBRE O ANÚNCIO DE DESAPROPRIAÇÃO DO TERRENO DO GASÔMETRO

Mengão pretende construir estádio próprio no local desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O torcedor do Flamengo teve duas razões para celebrar neste domingo (23). Além da vitória contra o Fluminense por 1 a 0, o clube recebeu a notícia de que o terreno do Gasômetro será desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro. No local, o Rubro-Negro pretende construir seu próprio estádio. Cacau Cotta, diretor de relações externas do Flamengo, detalhou os próximos passos para a construção da arena.

Cacau Cotta explicou que a desapropriação do terreno agora coloca a propriedade sob a responsabilidade da prefeitura, e que o clube tem os recursos necessários para adquirir parte do terreno: "O terreno agora pertence à prefeitura. Não há disputa judicial (...) O que poderá surgir no futuro é uma negociação sobre os valores...".




DETALHES DA NEGOCIAÇÃO

— "As pessoas às vezes se confundem, pois o decreto do prefeito trata-se de um decreto que transfere a propriedade do terreno para a prefeitura. Uma desapropriação não implica em disputa judicial. O que pode surgir no futuro é uma negociação de valores. Em breve, em 20, 30 dias, haverá um leilão, o Flamengo possui os recursos necessários, irá pagar pelo terreno o valor justo, assim como a prefeitura pagou pelo Terminal Gentileza. O Flamengo irá efetuar o pagamento, portanto fiquem tranquilos, não há qualquer disputa judicial. O que pode ocorrer é apenas uma discussão sobre os valores do terreno", afirmou Cacau Cotta.



MOMENTO HISTÓRICO PARA O CLUBE

Cacau Cotta também celebrou o momento histórico para o Flamengo: "Vamos celebrar, pois hoje é um dia de celebração com essa bela vitória. Um jogo difícil contra o Fluminense, sempre é um jogo complicado e (o estádio) representa um marco na história do Flamengo. Esperamos 130 anos por esse momento, não é mesmo? Para finalmente termos um terreno para construir o nosso próprio estádio. Agora é a vez do presidente Landim explicar, eu dei os detalhes para vocês, do prefeito explicar, do (deputado) Pedro Paulo, que está ao nosso lado nessa luta. Isso que sempre digo, é a bancada rubro-negra trabalhando em prol do Flamengo."


ANÚNCIO OFICIAL DA DESAPROPRIAÇÃO

Na manhã deste domingo (23), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o deputado Pedro Paulo gravaram um vídeo anunciando a desapropriação do terreno do Gasômetro. O espaço pertence a um fundo de investimentos da Caixa Econômica Federal. Flamengo e município tentaram negociar com o banco, porém não obtiveram resposta, levando a Prefeitura a determinar a desapropriação.



Futebol

TITE ENALTECE VITÓRIA DO FLAMENGO SOBRE O FLUMINENSE: "MERECEMOS VENCER"

Pedro, de pênalti, manteve o Mengão na liderança

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

Em clássico válido pela 11ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu o Fluminense por 1 a 0 na tarde deste domingo (23), no Maracanã. O gol que garantiu a vitória foi marcado por Pedro, de pênalti, mantendo o Mengão na liderança isolada da competição com 24 pontos.

A partida foi marcada por um lance polêmico aos 40 minutos do segundo tempo. Bruno Henrique foi derrubado na área por Calegari, resultando em um pênalti que Pedro converteu, chutando no meio do gol e garantindo a vitória rubro-negra. A decisão gerou muitas reclamações por parte do Fluminense, que considerou a marcação incorreta.




TITE ELOGIA ATUAÇÃO DO FLAMENGO

Após o jogo, o técnico Tite elogiou a performance da equipe, destacando a superioridade e a justiça do resultado. “São duas grandes equipes. É uma das melhores campanhas da Libertadores. Tenho grande gratidão pelo Paulo Angioni (diretor de futebol do Fluminense). Não somos inimigos. Há um respeito pelo nosso trabalho. Merecemos vencer. Retomávamos rapidamente a bola nos externos para deixar a equipe compactada. Foi gratificante. Fizemos por merecer independentemente do momento que fizemos o gol", afirmou Tite.



SUPERIORIDADE RUBRO-NEGRA E DESFALQUES

Mesmo com problemas físicos e desfalques devido à Copa América, o Flamengo mostrou-se superior ao Fluminense. Embora tenha tido menos posse de bola, o Rubro-Negro foi mais perigoso, forçando o adversário a cometer erros e criando oportunidades claras. A falta de pontaria quase complicou a situação, mas o pênalti sofrido por Bruno Henrique foi decisivo.


SITUAÇÃO NO BRASILEIRÃO

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 24 pontos e garantiu a liderança da Série A por mais uma rodada. Já o Fluminense, que teve apenas uma finalização no clássico e nenhuma no gol defendido por Rossi, permanece na lanterna da competição.




Futebol

ÁUDIO DO VAR! CBF LIBERA E VERDADE VEM À TONA SOBRE LANCE POLÊMICO CONTRA O AMAZONAS

A liberação dos áudios do VAR pela CBF é uma prática que vem sendo adotada para aumentar a transparência nas decisões de arbitragem

Foto: Internet
Foto: Internet

  |

Icon Comentário0

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) liberou recentemente o áudio da comunicação entre a equipe de arbitragem de vídeo (VAR) e o árbitro Ramon Abatti Abel, referente a um lance polêmico ocorrido durante o primeiro tempo do jogo, envolvendo o atacante Pedro e o goleiro do Amazonas. A decisão de não marcar um pênalti gerou controvérsia entre torcedores e comentaristas esportivos.

O episódio aconteceu quando Pedro, camisa 9, avançava em direção ao gol e foi interceptado pelo goleiro adversário. Em uma disputa acirrada, o goleiro aparentemente acertou a perna de Pedro. No entanto, o árbitro Ramon Abatti Abel decidiu não marcar a falta, o que provocou imediata repercussão.


NÃO HOUVE PENÂLTI NO PEDRO?
A equipe do VAR, responsável por revisar os lances duvidosos, analisou o incidente meticulosamente. No áudio divulgado, é possível ouvir a comunicação entre os árbitros de vídeo e o árbitro de campo. A análise começou com a observação do momento em que o goleiro e Pedro se chocaram. "O goleiro toca a bola primeiro. O goleiro toca claramente a bola primeiro. Volta lá," disse um dos árbitros de vídeo. Eles solicitaram diferentes ângulos da câmera para garantir uma avaliação precisa. "Ok, o goleiro toca a bola, tira a bola e depois ele tem o contato. Me dá outro ângulo."

A equipe do VAR continuou a revisão e reafirmou que a prioridade do goleiro foi a bola. "Bola, bola, bola, e depois tem o contato em função da disputa mesmo, pelo espaço, pela bola," completaram. Após essa análise, concluíram que o lance foi normal. "Tudo checado, normal," finalizou o árbitro do VAR.


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

PIADA? PARA O DINIZ A ARBITRAGEM 'DECIDIU' O JOGO PARA O FLAMENGO - CONFIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

DIRIGENTE DO FLAMENGO SOBE O TOM E VOLTA A CRITICAR A CBF: "NÃO TEM VERGONHA NA CARA"

 

Icon Comentário0
Futebol

TITE MANTÉM CRÍTICAS A DIRETOR DA CBF E REAFIRMA QUE NÃO FALTOU COM RESPEITO A NINGUÉM

 

Icon Comentário0