Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

FLAMENGO ABRE QUEIXA-CRIME CONTRA INFLUENCIADOR VASCAÍNO QUE ACUSOU O CLUBE DE 'ASSASSINAR' CRIAS DO NINHO

Rubro-negro pede indenização não inferior a R$ 70 mil a ser paga por Fernando Lima de Sousa, de apelido Zé Colmeia

Zé Colmeia e Incêndio no Ninho do Urubu / Divulgação
Zé Colmeia e Incêndio no Ninho do Urubu / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Na última segunda-feira (01), o Flamengo acionou a Justiça do Rio de Janeiro contra Fernando Lima de Sousa, conhecido como Zé Colmeia, torcedor do Vasco, influenciador digital e pré-candidato a vereador pelo Rio. O Rubro-Negro abriu uma queixa-crime acusando Fernando de difamação por declarações feitas em um vídeo postado no Instagram. Na gravação, Zé Colmeia acusou o Flamengo e seus administradores de terem "assassinado" os jovens vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, em 2019.

“Esse mesmo clube que tu defende é o clube dessa hipocrisia que dez crianças foram assassinadas, porque aquilo foi extermínio, e porra, ninguém cumpriu prisão de porra nenhuma”, disse Zé Colmeia no vídeo. As declarações foram inseridas em um "vídeo-resposta" ao meia Gérson, jogador do Flamengo. O influenciador não gostou de o atleta ter afirmado que o Maracanã "é a casa do Flamengo".



O Flamengo pede que a Justiça do Rio aceite a queixa-crime e condene o influenciador ao pagamento de uma indenização não inferior a R$ 70 mil. O caso está na 20ª Vara Criminal da Capital. A decisão de levar a questão aos tribunais reflete a gravidade das acusações feitas por Fernando e a intenção do clube de defender sua honra e a memória dos jovens falecidos.



O incêndio no Ninho do Urubu, ocorrido em 2019, foi uma tragédia que marcou profundamente o clube e o futebol brasileiro. As palavras de Zé Colmeia, atacando o Flamengo e responsabilizando seus administradores de maneira acusatória, geraram indignação na comunidade rubro-negra. A resposta jurídica do Flamengo visa também a evitar que tais declarações infundadas se propaguem sem consequências.


A ação movida pelo Flamengo contra Zé Colmeia destaca a tensão existente entre torcedores rivais e a importância de responsabilizar declarações públicas que ultrapassam os limites da crítica esportiva. O desfecho do processo pode estabelecer precedentes significativos para casos de difamação envolvendo figuras públicas e instituições desportivas.


Futebol

REVELADO NO VITÓRIA, DAVID LUIZ VOLTA AO BARRADÃO DEPOIS DE MAIS DE 11 MILHÕES EM REVENDA

Jogador é o terceiro zagueiro que mais movimentou dinheiro no futebol

Gilvan de Sousa/CRF
Gilvan de Sousa/CRF

  |

Icon Comentário0

A partida entre Vitória e Flamengo, marcada para esta quarta-feira e válida pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, vai marcar o retorno de David Luiz ao Barradão depois de 17 anos. O jogador revelado na Fábrica de Talentos deixou a Toca do Leão em fevereiro de 2007, depois de ser um dos destaques na campanha da Série C no ano anterior.

Depois de passar por Benfica, Chelsea, Paris Saint-Germain e Arsenal ao longo de quase 15 anos no futebol europeu, David Luiz voltou ao Brasil para vestir vermelho e preto, mas do Rio de Janeiro. Quando o zagueiro foi anunciado pelo Flamengo, em 2021, o Vitória vivia o drama de mais um rebaixamento para a Terceira Divisão.


A crise no clube formador atrasou o reencontro, mas com o Vitória de volta à elite do futebol nacional, David Luiz volta para casa. Mesmo que seja apenas para uma visita ao estádio onde deu os primeiros passos na carreira profissional. O zagueiro, agora com 37 anos, chegou à Toca do Leão com 14 e por lá seguiu até os 20.


Série C e primeira venda

David Luiz debutou como jogador profissional aos 18 anos, em 2005. Mas foi na temporada seguinte que o zagueiro fez história no clube como peça fundamental durante a campanha de acesso na Série C. Na época, jogou ao lado de Wallace e Anderson Martins, também defensores revelados na Toca do Leão.


David Luiz jogou no Barradão pela última vez em 28 de janeiro de 2007, quando o Vitória fez 5 a 0 na Catuense, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Baiano. Naquele dia, o Rubro-Negro estava escalado com: Rafael Córdova; Apodi, Sandro, David Luiz e Alysson (Anderson Rodrigues); Vanderson, Garrinchinha, Luiz Carlos Capixaba (Itacaré) e Cléber; Índio e Joãozinho (Pantico).

Dias depois, o Vitória acertou o empréstimo com o Benfica, que tinha opção de compra do zagueiro e exerceu esse direito em maio do mesmo ano. Aquela foi a primeira das muitas transferências na carreira de David Luiz. Ele é o terceiro zagueiro que mais movimentou dinheiro na história do futebol, de acordo com lista do site transfermarkt.

1-Josko Gvardiol: R$ 768 milhões em duas transferências;

2-David Luiz: R$ 720 milhões em cinco transferências.

Lucro rubro-negro

O Vitória embolsou apenas R$ 1,9 milhões quando emprestou e vendeu David Luiz ao Benfica em 2007. Mas seguiu lucrando com o zagueiro por causa do Mecanismo de Solidariedade da Fifa. O instrumento está em vigor desde 2001 e foi criado para recompensar o investimento feito pelos clubes na formação de atletas.

O período de formação acontece entre os 12 e os 23 anos de idade, e o clube tem direito a 5% de futuras negociações internacionais, com o valor sendo proporcional à passagem do atleta pela equipe. No caso de David Luiz, valem os seis anos em que ele esteve na Toca do Leão.

Depois do Benfica, o zagueiro foi negociado com o Chelsea, e de lá partiu para defender o Paris Saint-Germain na até então maior venda de um zagueiro na história do futebol: R$ 152 milhões. O defensor ainda voltou ao Blues em nova transferência que abasteceu os cofres da Toca do Leão.


Dinheiro recebido pelo Vitória nas transferências de David Luiz:

Venda ao Benfica (2007): R$ 1,9 milhões;

Venda ao Chelsea (2011): R$ 2,1 milhões;

Venda ao PSG (2014): R$ 4,2 milhões;

Venda ao Chelsea (2016): R$ 3,4 milhões;

Venda ao Arsenal (2019): não recebeu porque são clubes do mesmo país;

Saída para o Flamengo (2021): sem custo.


Futebol

SÃO PAULO DÁ CHAPEU NO FLAMENGO E ANUNCIA CONTRATAÇÃO DE MEIO-CAMPISTA

Atleta chega da lazio para reforçar o tricolor até junho de 2025

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O São Paulo anunciou nesta terça-feira a contratação do meio-campista Marcos Antônio. O jogador de 24 anos, que pertence à Lazio, da Itália, também estava na mira do Flamengo, mas optou por se juntar ao Tricolor Paulista. Ele chega por empréstimo de um ano, válido até 30 de junho de 2025.

Em suas primeiras declarações como jogador do São Paulo, Marcos Antônio expressou grande entusiasmo: "É um momento de muita alegria e felicidade, um sentimento diferente. Estou feliz com a oportunidade de defender o São Paulo e espero ajudar os meus novos companheiros. Vamos jogar junto com a nossa torcida para conquistar os objetivos do clube," disse o meio-campista ao site oficial do clube.




DETALHES DA NEGOCIAÇÃO

Pelo empréstimo, o São Paulo pagará 150 mil euros (aproximadamente R$ 906 mil). O contrato inclui uma cláusula de compra obrigatória caso o jogador participe de 50% dos jogos durante o período de empréstimo, com um mínimo de 45 minutos jogados em cada partida.


Se essa condição for atendida, o valor da compra está fixado em 4,2 milhões de euros (cerca de R$ 25,3 milhões), que serão parcelados durante as três temporadas de contrato, do meio de 2025 ao meio de 2027.


SUBSTITUIÇÃO DE ALISSON

Marcos Antônio estava emprestado ao PAOK, da Grécia, antes de acertar com o São Paulo. Ele chega para substituir Alisson, que fraturou o tornozelo direito na última quarta-feira e teve que passar por cirurgia. Revelado pelo Athletico-PR, Marcos Antônio construiu uma carreira de sucesso na Europa, e agora retorna ao Brasil para reforçar o meio-campo tricolor.


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

EX-FLAMENGO GANHA NOVO NÚMERO NA CAMISA E AUMENTA PRESTÍGIO NA INGLATERRA

 

Icon Comentário0
Futebol

FLAMENGO X VITÓRIA - ONDE ASSISTIR, PROVÁVEL ESCALAÇÃO E HORÁRIO

 

Icon Comentário0
Futebol

ATACANTE DO FLAMENGO, GABIGOL FAZ NOVO DESABAFO NAS REDES SOCIAIS

 

Icon Comentário0