Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Basquete

FLAMENGO NÃO IMPLEMENTA SEU JOGO E OLIVINHA PODE ENCERRAR SUA CARREIRA SEM O TÍTULO DO NBB

A torcida do Flamengo promete lotar o Maracanãzinho na esperança de empurrar o time para a vitória.

Flamengo
Flamengo

  |

Icon Comentário0

Na noite desta terça-feira, o Franca venceu o Flamengo por 81 a 73 na terceira partida da série melhor de cinco das finais do Novo Basquete Brasil (NBB). Com este resultado, a equipe paulista está na frente da disputa com uma vantagem de 2-1, deixando o Flamengo em uma situação delicada para os próximos confrontos.

O jogo foi equilibrado e disputado ponto a ponto, demonstrando a força e a competitividade de ambas as equipes. O Franca soube aproveitar melhor as oportunidades e, com uma defesa sólida, conseguiu conter os ataques do Flamengo nos momentos cruciais da partida. A equipe carioca, por sua vez, lutou até o fim, mas não conseguiu reverter o placar adverso.


FLAMENGO TEM TUDO OU NADA PARA A VITÓRIA NO NBB 


O próximo duelo entre Flamengo e Franca será na quinta-feira, dia 13, às 18h, no Maracanãzinho, Rio de Janeiro. Este jogo é decisivo para o Flamengo, que precisa vencer para forçar a quinta e última partida da série, que também será no Maracanãzinho, no sábado, dia 15.

Ao longo do campeonato, tanto Flamengo quanto Franca mostraram por que chegaram às finais. O Franca, com um elenco bem entrosado e uma estratégia eficaz, tem se destacado por sua consistência e capacidade de adaptação durante os jogos. Já o Flamengo, conhecido por sua tradição no basquete brasileiro, tem um time experiente que sabe lidar com a pressão, mas precisará se superar para virar a série.



Basquete

ALA DO FLABASQUETE É SELECIONADO PARA A LIGA DE DESENVOLVIMENTO DA NBA

Atleta rubro-negro disputará a G League

Paula Reis/CRF
Paula Reis/CRF

  |

Icon Comentário0

Didi Louzada, ala do Flamengo, vai atuar na próxima temporada da G League, a liga de desenvolvimento da NBA. O jovem foi selecionado pelo Valley Suns, time do Phoenix Suns na competição, no draft de expansão. Ao total, a equipe chamou 14 nomes para compor o elenco. A informação é do portal “Jumper Brasil”.

Dessa forma, o jogador deve retornar à competição. Em 2023, atuou pelo Cleveland Charge, onde obteve médias de 9.4 pontos e 6.1 rebotes em oito jogos. Foi justamente a pouca minutagem que o fez decidir retornar para o Flamengo.


Pelo time carioca, assumiu a condição de um dos jogadores mais importantes para o técnico Gustavo Conti. Louzada teve participação na equipe que terminou com os vices do NBB (Novo Basquete Brasil) e da BCLA Champions League das Américas.



Agora, Didi Louzada tem nova oportunidade de atuar no basquete norte-americano e tudo depende apenas de si. Isso porquê o jogador tem a condição de aceitar ou não ir para o Suns. Cabe ressaltar, que o contrato com o Fla segue vigente. No momento, o ala está com a Seleção Brasileira, onde vai disputar o Pré-Olímpico de Riga, em julho.


O time do técnico Aleksandar Petrovic vai disputar amistosos no dia 24, contra a Polônia, dia 26, contra a Eslovênia e, por fim, no dia 28, diante da Croácia. A competição começa no dia 2 de julho e o Brasil terá Camarões e Montenegro na fase de grupos. Vale lembrar que apenas o campeão garante um lugar nos Jogos de Paris.



Basquete

APÓS TEMPORADA ABAIXO DO ESPERADO, FLAMENGO TEM DOIS DESTAQUES EM PRÊMIO DO NBB

Os atletas do Mais Querido ganharam a votação de melhores do ano da competição

Foto: Reprodução/ Flamengo
Foto: Reprodução/ Flamengo

  |

Icon Comentário0

Flamengo e Franca fizeram a grande final do NBB e a equipe paulista levou a melhor após quatro partidas. Ao final do campeonato, o NBB realizou a votação dos melhores da temporada 2023/24, e o Mais Querido teve dois representantes escolhidos: Gui Deodato e Gabriel Jaú.

Gui Deodato ganhou o prêmio de melhor ala do ano, com 12.4 pontos e 12.9 de eficiência, ao lado de Isaac Thornton, do Botafogo. Já dentro do garrafão, o premiado foi Gabriel Jaú, eleito um dos pivôs do ano, com 13.5 pontos e sete rebotes. O outro melhor pivô foi Lucas Dias, do Sesi Franca.

OUTRAS CATEGORIAS PREMIADAS

Além do prêmio de "melhores pivôs e melhores alas", o NBB também premiou outras categorias, como: técnico do ano, defensor do ano, armador, 6º homem, estrangeiro do ano, jovem destaque, maior evolução, jogador mais eficiente, líder de assistências, líder de rebotes, cestinha do ano e MVP.

TEMPORADA 2023/24 DO FLAMENGO

O Mais Querido fez uma campanha abaixo do esperado no Flabasquete. Isso porque, o Rubro-Negro conquistou apenas o troféu da Copa Super 8 e foi vice do NBB e da Champions League das Américas. Assim, é esperado uma temporada melhor do Rubro-Negro.

Nesta quarta-feira (19), o Mais Querido oficializou a renovação de contrato com Gustavinho, técnico da equipe principal. Assim, apesar da reclamação dos torcedores para com o treinador, ele comandará o time por mais algumas temporadas.




Futebol

DIOGO LEMOS, MEMBRO DO CONSELHO DO FLAMENGO SE POSICIONA SOBRE "ACUSAÇÕES"

Um dos membros da diretoria se pronunciou sobre o caso e as acusações

Internet
Internet

  |

Icon Comentário0

O Flamengo se pronunciou oficialmente para negar as acusações de que teria assinado um documento concordando com o calendário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo Diogo Lemos, membro do Conselho de Futebol do clube, essa informação é incorreta e não reflete a posição do Flamengo sobre o assunto.

Lemos afirmou que o clube nunca concordou com o calendário imposto pela CBF. "O Flamengo jamais assinou qualquer documento concordando com este calendário que nos impuseram no momento", declarou ele, destacando a insatisfação do clube com a situação atual. O dirigente ainda ressaltou que o Flamengo não está sozinho nessa discordância. Outros 12 clubes da Série A também apoiaram o pedido para a paralisação do campeonato durante a Copa América. A intenção era garantir a isonomia esportiva da competição, visto que a continuidade dos jogos durante a Copa prejudica alguns times que têm jogadores convocados para as seleções nacionais.

FLAMENGO ABRE O JOGO


A declaração de Lemos reflete a crescente tensão entre os clubes e a CBF sobre a gestão do calendário. A crítica principal é que a continuidade do campeonato durante torneios internacionais desfavorece clubes que perdem jogadores importantes. A Copa América, por exemplo, tem um impacto significativo, já que várias seleções sul-americanas convocam jogadores que atuam no Brasil.


O pedido formalizado pelo Flamengo e outros 12 clubes para a paralisação do campeonato não é apenas uma tentativa de ajustar o calendário. É também um movimento estratégico para pressionar a CBF a repensar suas políticas e decisões, garantindo que todos os clubes possam competir em igualdade de condições. Essa busca por equidade no futebol brasileiro é uma pauta antiga, mas que ganha novos contornos a cada edição de torneios internacionais.


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Basquete

ESTÁ NA HISTÓRIA! OLIVINHA DARÁ NOME AO TROFÉU "REBOTEIRO DO ANO" DO NBB

 

Icon Comentário0
Basquete

FLAMENGO ENCAMINHA RENOVAÇÃO COM O TÉCNICO GUSTAVO DE CONTI

 

Icon Comentário0
Basquete

DE CONTI FICA NO FLAMENGO BASQUETE PARA PRÓXIMA TEMPORADA, AFIRMA PORTAL

 

Icon Comentário0