Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

CBF DEFINE ÁRBITRA QUE ESTAVA NA "GELADEIRA" PARA APITAR FLAMENGO X FORTALEZA

A árbitra não apita uma partida de série A há mais de dois meses

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O Flamengo volta a capo na próxima quinta-feira (11), em partida contra o Fortaleza no Maracanã. Desse modo, a CBF definiu o quadro de arbitragem que a árbitra escolhida foi Edina Alves Batista, de São Paulo.

O confronto entre Flamengo x Fortaleza marca o retorno de Edina aos jogos do Brasileirão após dois meses. Isso porque, ela apitou a partida entre Internacional e Atlético-GO em abril, válido pela quarta rodada da competição e depois ficou um tempo na "geladeira", já que o confronto terminou com muita reclamação de dirigentes do time gaúcho por um pênalti não marcado.

A CBF não comunicou as punições, mas Edina não apitou no Brasileirão até ser escalada para Flamengo x Fortaleza. No período em que ficou na "geladeira" ela trabalhou em jogos da Copa do Brasil, Série B, Sul-Americana e Copa América, sendo a árbitra que apitou Panamá x Bolívia.

REPERTÓRIO DE EDINA APITANDO JOGOS DO FLAMENGO

O jogo do Mais Querido contra o Fortaleza será apenas o quinto que Edina apitará em sua carreira. Até o momento, a árbitra atuou em duas partidas do Rubro-Negro no Brasileirão de 2022 e duas em 2023, com um retrospecto bem abaixo. Isso porque, Edina apitou apenas uma vitória do Flamengo, quando o Rubro-Negro venceu o Avaí em 2022 e depois a virada contra o Botafogo e empate com o Internacional.

FOCO NO PRÓXIMO CONFRONTO

Desse modo, com a arbitragem definida, o elenco do Flamengo inicia a preparação para a partida contra o Fortaleza nesta segunda-feira (8). O Mais Querido jogará no Maracanã e tentará conquistar mais três pontos.



Futebol

COM ARRASCAETA E VINA, URUGUAI BATE O CANADÁ E FICA COM O TERCEIRO LUGAR DA COPA AMÉRICA

flamengo, últimas do fla, fla notícias, uruguai, copa américa

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

Sem De La Cruz e Varela suspensos, o Uruguai, eliminado pela Colômbia, enfrentou o Canadá pela disputa do terceiro lugar e empatou em 2 a 2. Nos pênaltis, deu Celeste, 4 a 3. Viña, investigado pela Conmebol por incidentes na arquibancada após a queda para os colombianos, foi novamente titular. Já Arrascaeta entrou no segundo tempo no lugar de Ugarte.

A partida foi eletrizante nos EUA. Logo aos seis minutos, Bentancur abriu o placar para o Uruguai. Entretanto, ainda na etapa inicial, Koné empatou e David virou para o Canadá. Todavia, no fim da partida, aos 46 minutos do segundo tempo, Luis Suárez deixou tudo igual: 2 a 2.


Ao todo na competição, Nicolás de la Cruz jogou cinco partidas. Ou seja, só não duelou contra o Canadá pelo segundo cartão amarelo. O meio-campista foi um dos melhores jogadores da Celeste Olímpica no torneio e deu duas assistências na Copa América. Já Varela permaneceu no banco em toda a fase de grupos, mas entrou no segundo tempo contra Brasil e Colômbia. Diante dos colombianos, foi expulso.


Camisa 10 uruguaio, Arrascaeta deu uma assistência na competição, marcou nas disputas de pênaltis contra Brasil e Canadá e entrou em campo também diante da Bolívia, Panamá, Colômbia. Titular assim como De La Cruz, o lateral-esquerdo Matías Viña jogou todos os jogos e fez um gol e deu uma assistência.

Uruguai encerra participação na Copa América e Flamengo terá volta de quarteto

Enfim, Arrascaeta, Nicolás de la Cruz, Matías Viña e Guillermo Varela estão de volta ao Flamengo. Sem o quarteto, o Mengão resistiu na liderança até a derrota para o Fortaleza, mas após cinco vitórias, dois empates e dois resultados negativos, o Rubro-Negro caiu para o terceiro lugar.

Com os ‘reforços’, o Fla volta a campo para enfrentar o Criciúma, dia 20, em Brasília, pelo Brasileirão. A bola rola às 16h (horário de Brasília).


Futebol

CÚPULA DO FLAMENGO TEM SAÍDAS E PROXIMIDADE DAS ELEIÇÕES MEXEM NOS BASTIDORES DO CLUBE

A diretoria viu cinco vice-presidentes deixarem os cargos nas últimas semanas.

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

A eleição presidencial do Flamengo vai acontecer em dezembro, mas os bastidores do clube já estão agitados. A cúpula da gestão de Rodolfo Landim perdeu integrantes que vão apoiar outros grupos no pleito e novas despedidas podem vir em breve. O grupo do atual mandatário, por outro lado, ainda calcula ter força.

Landim anunciou apoio a Rodrigo Dunshee na eleição. Dunshee é vice-Geral e Jurídico do clube, e acompanhou o atual presidente nos dois mandatos. A diretoria viu cinco vice-presidentes deixarem os cargos nas últimas semanas. As despedidas foram para se aliar ao grupo de Luiz Eduardo Baptista, o Bap, ou ao de Maurício Gomes de Mattos.


Foram três despedidas para apoiar Bap. Rodrigo Tostes, de Finanças, e Marcelo Conti, vice de Gabinete da Presidência, saíram na última semana, enquanto Paulo Cesar Pereira, vice de Secretaria, conversou com Landim na noite da última sexta-feira (12). O mandatário indicou que vai acumular a vice de Finanças e indicou Diogo Lemes para a vaga deixada por Conti.


As outras duas saídas foram para o grupo de Maurício Gomes de Mattos

 Uma delas foi o próprio Maurício, que era vice de Embaixadas e Consulados, e saiu da diretoria para lançar candidatura própria. Adalberto Ribeiro, então vice de Relações Externas, deixou o cargo para apoiar Maurício.


As saídas não pegaram a diretoria de surpresa, segundo pessoas ouvidas pelo UOL. As movimentações já eram esperadas e outras despedidas são aguardadas. Entende-se que houve uma união de diferentes vertentes em torno da candidatura de Landim, mas essa aliança não se mostra mais necessária na atual conjuntura.

O cenário aponta para a primeira ruptura de maior volume desde quando Landim assumiu, em janeiro de 2019. Nos corredores, porém, há uma avaliação positiva. A leitura é que, mesmo com saídas e formações de alianças que virão a ser rivais na eleição, a maioria dos grupos políticos ainda apoia Dunshee — esse desenho traz confiança ao grupo de situação em outro pleito. Landim pode vir candidato a presidente do Deliberativo.

Os grupos que já faziam oposição à gestão ainda debatem as opções

 Há uma visão que muitos movimentos podem acontecer nos bastidores, e estuda-se o cenário antes da decisão sobre qual rumo tomar. Eles avaliam a candidatura própria ou o apoio a alguma chapa, e calculam que podem levar consigo cerca de 500 votos.

A inscrição das chapas será entre 10 e 30 de setembro. A eleição acontecerá nos primeiros dez dias de dezembro. A identificação das chapas não será mais por cor, e, sim, por número.


Futebol

CEO DO FORTALEZA FALA CONTRA A ARBITRAGEM MESMO APÓS VITÓRIA EM CIMA DO FLAMENGO

"VAR teve chance de alterar a decisão por várias câmeras, vários ângulos, e não fez", avaliou Marcelo Paz

Fortaleza / Divulgação
Fortaleza / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Mesmo com a vitória sobre o Flamengo em pleno Maracanã, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro, o CEO da SAF do Fortaleza, Marcelo Paz, criticou duramente a arbitragem da partida desta quinta-feira (11). Paz ficou particularmente insatisfeito com a marcação de um pênalti a favor dos donos da casa na reta final do primeiro tempo, o que ele considerou uma decisão equivocada que poderia ter alterado o rumo do jogo.

“Como dizia um grande diretor esportivo do Ceará, Fares Lopes, irmão do cantor Raimundo Fagner, forme um time para não depender da arbitragem. Ganhamos apesar da arbitragem. O pênalti foi absurdo, constrangedor. O VAR teve chance de alterar a decisão por várias câmeras, vários ângulos, e não fez”, avaliou Marcelo Paz. Ele enfatizou que a vitória do Fortaleza ocorreu apesar das dificuldades impostas pela arbitragem, que classificou como prejudicial e injusta.



Paz também expressou sua insatisfação específica contra a árbitra de campo, Edina Alves Batista, e o árbitro de vídeo. “Quero deixar nossa insatisfação contra a árbitra de campo (Edina Alves Batista), mas principalmente contra o de vídeo. Esse rapaz historicamente traz prejuízo ao Fortaleza, em várias situações esse rapaz costuma errar contra o Fortaleza. Lembro do Corinthians, em 2019, e outros casos. Fica a vitória bonita. Seguimos”, disse o CEO. Suas declarações destacaram um histórico de decisões controversas contra o clube.



Com a vitória, o Fortaleza alcançou a sétima colocação no Campeonato Brasileiro, somando 26 pontos em 15 partidas. O triunfo foi importante para as aspirações do clube na competição, mas as críticas de Marcelo Paz lançaram uma sombra sobre a atuação da arbitragem. O próximo desafio do Fortaleza será contra o Vitória, na quarta-feira (17), no Castelão, em Fortaleza (CE), pela 17ª rodada do campeonato.


As palavras de Marcelo Paz ecoaram entre os torcedores e analistas esportivos, alimentando um debate sobre a qualidade da arbitragem no futebol brasileiro. A indignação do CEO reflete uma preocupação mais ampla sobre a consistência e imparcialidade das decisões dos árbitros, algo que continua a ser um ponto de controvérsia no esporte. A vitória sobre o Flamengo, portanto, foi marcada não apenas pelo resultado em campo, mas também pela polêmica fora dele.












envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

MELHORES MOMENTOS | FLAMENGO 3x2 BOTAFOGO | NÓ TÁTICO DE FILIPE LUÍS NA RAÇA VIRADA HERÓICA SUB 20

 

Icon Comentário0
Futebol

FLAMENGO 3X2 BOTAFOGO- BRASILEIRO SUB20

 

Icon Comentário0
Futebol

CLAUDINHO FINALMENTE FALA SOBRE SUA IDA PARA O FLAMENGO APÓS GANHAR TÍTULO NA RÚSSIA

 

Icon Comentário0