Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

EM JOGO TRUNCADO, FLAMENGO VENCE O ATLÉTICO-GO AO APAGAR DAS LUZES

O Rubro-Negro volta a campo na próxima quarta-feira (17) para enfrentar o São Paulo, às 21h30

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

Vitória suada nos acréscimos! Na estreia do Brasileirão 2024, o Flamengo lutou até o fim e venceu o Atlético-GO, por 2 a 1, na tarde deste domingo (14), no Serra Dourada, conquistando seus primeiros três pontos na competição nacional.

De La Cruz, com golaço de falta, e Pedro, de pênalti, balançaram as redes para o Mengão. Agora, o Mais Querido terá pela frente o São Paulo, na próxima quarta-feira (17), no Maracanã.




TUDO SOBRE O JOGO

Os primeiros movimentos da partida foram marcados por muita disputa pela posse de bola. O primeiro chute ao gol do Flamengo aconteceu aos sete minutos com Cebolinha, que cortou para o meio e arriscou o chute. A bola passou por cima da meta. Por volta dos 13’, o técnico do Atlético-GO, Jair Ventura, acabou sendo expulso por reclamação.


Para tentar chegar à área adversária, o Rubro-Negro carioca buscava os lançamentos longos, enquanto os donos da casa esperavam em seu campo para apostar nos contra-ataques. Na reta final, o Fla cresceu de produção e passou a ameaçar mais o gol do Atlético. Por ser o último homem, o zagueiro Alix Vinicius levou cartão vermelho por falta em Pedro e deixou a equipe goianiense com menos um.

Nos acréscimos, o Mengão conseguiu abrir o marcador com um golaço! De La Cruz cobrou falta no ângulo e marcou seu primeiro gol com o Manto Sagrado: 1 a 0. Com isso, o time rubro-negro foi para o intervalo com a vantagem.

Com um homem a mais, o Flamengo voltou para a segunda etapa valorizando a posse de bola em busca de ampliar a vantagem. Aos 14’, o time rubro-negro chegou com perigo. Arrascaeta cobrou escanteio na primeira trave e Léo Pereira desviou de cabeça por cima do gol. Em seguida, o Atlético-GO deixou tudo igual com Luiz Fernando: 1 a 1.

Os donos da casa foram para cima, e aos 22’, tiveram um pênalti a seu favor. Léo Pereira trombou com Luiz Felipe na área e o árbitro assinalou a penalidade. Shaylon foi para cobrança e a bola foi na trave. No decorrer do segundo tempo, Gerson entrou no lugar de Viña e voltou à equipe após se recuperar de cirurgia. O atacante Carlinhos, recém-contratado, também entrou na partida e fez sua estreia.

No último minuto do tempo regulamentar, Ayrton Lucas arriscou o chute de fora da área e a bola explodiu no travessão. Nos acréscimos, o Mengão teve um pênalti a seu favor. Após consulta ao VAR, o árbitro marcou um choque de Maguinho em cima de Bruno Henrique. O artilheiro Pedro foi para cobrança e marcou o segundo gol para decretar a vitória rubro-negra fora de casa: 2 a 1.


Agenda da semana

O Rubro-Negro volta a campo na próxima quarta-feira (17) para enfrentar o São Paulo, às 21h30, no Maracanã, pela segunda rodada do Brasileirão.


Flamengo

Rossi; Ayrton Lucas, Fabrício Bruno, Léo Pereira (Carlinhos) e Viña (Gerson); Erick Pulgar, De La Cruz (Lorran) e Arrascaeta; Luiz Araújo (Victor Hugo), Everton Cebolinha (Bruno Henrique) e Pedro.

Técnico: Tite.


Atlético-GO

Ronaldo; Maguinho, Adriano Martins (Pedro Henrique), Alix Vinicius e Guilherme Romão; Gabriel Baralhas; Rhaldney (Yony González), Alejo Cruz (Luiz Felipe) e Shaylon; Luiz Fernando (Max) e Emiliano Rodriguez (Derek).

Técnico: Jair Ventura.


Futebol

DIRIGENTE DO FLAMENGO ABRE O JOGO SOBRE O ANÚNCIO DE DESAPROPRIAÇÃO DO TERRENO DO GASÔMETRO

Mengão pretende construir estádio próprio no local desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O torcedor do Flamengo teve duas razões para celebrar neste domingo (23). Além da vitória contra o Fluminense por 1 a 0, o clube recebeu a notícia de que o terreno do Gasômetro será desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro. No local, o Rubro-Negro pretende construir seu próprio estádio. Cacau Cotta, diretor de relações externas do Flamengo, detalhou os próximos passos para a construção da arena.

Cacau Cotta explicou que a desapropriação do terreno agora coloca a propriedade sob a responsabilidade da prefeitura, e que o clube tem os recursos necessários para adquirir parte do terreno: "O terreno agora pertence à prefeitura. Não há disputa judicial (...) O que poderá surgir no futuro é uma negociação sobre os valores...".




DETALHES DA NEGOCIAÇÃO

— "As pessoas às vezes se confundem, pois o decreto do prefeito trata-se de um decreto que transfere a propriedade do terreno para a prefeitura. Uma desapropriação não implica em disputa judicial. O que pode surgir no futuro é uma negociação de valores. Em breve, em 20, 30 dias, haverá um leilão, o Flamengo possui os recursos necessários, irá pagar pelo terreno o valor justo, assim como a prefeitura pagou pelo Terminal Gentileza. O Flamengo irá efetuar o pagamento, portanto fiquem tranquilos, não há qualquer disputa judicial. O que pode ocorrer é apenas uma discussão sobre os valores do terreno", afirmou Cacau Cotta.



MOMENTO HISTÓRICO PARA O CLUBE

Cacau Cotta também celebrou o momento histórico para o Flamengo: "Vamos celebrar, pois hoje é um dia de celebração com essa bela vitória. Um jogo difícil contra o Fluminense, sempre é um jogo complicado e (o estádio) representa um marco na história do Flamengo. Esperamos 130 anos por esse momento, não é mesmo? Para finalmente termos um terreno para construir o nosso próprio estádio. Agora é a vez do presidente Landim explicar, eu dei os detalhes para vocês, do prefeito explicar, do (deputado) Pedro Paulo, que está ao nosso lado nessa luta. Isso que sempre digo, é a bancada rubro-negra trabalhando em prol do Flamengo."


ANÚNCIO OFICIAL DA DESAPROPRIAÇÃO

Na manhã deste domingo (23), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o deputado Pedro Paulo gravaram um vídeo anunciando a desapropriação do terreno do Gasômetro. O espaço pertence a um fundo de investimentos da Caixa Econômica Federal. Flamengo e município tentaram negociar com o banco, porém não obtiveram resposta, levando a Prefeitura a determinar a desapropriação.



Futebol

TITE ENALTECE VITÓRIA DO FLAMENGO SOBRE O FLUMINENSE: "MERECEMOS VENCER"

Pedro, de pênalti, manteve o Mengão na liderança

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

Em clássico válido pela 11ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu o Fluminense por 1 a 0 na tarde deste domingo (23), no Maracanã. O gol que garantiu a vitória foi marcado por Pedro, de pênalti, mantendo o Mengão na liderança isolada da competição com 24 pontos.

A partida foi marcada por um lance polêmico aos 40 minutos do segundo tempo. Bruno Henrique foi derrubado na área por Calegari, resultando em um pênalti que Pedro converteu, chutando no meio do gol e garantindo a vitória rubro-negra. A decisão gerou muitas reclamações por parte do Fluminense, que considerou a marcação incorreta.




TITE ELOGIA ATUAÇÃO DO FLAMENGO

Após o jogo, o técnico Tite elogiou a performance da equipe, destacando a superioridade e a justiça do resultado. “São duas grandes equipes. É uma das melhores campanhas da Libertadores. Tenho grande gratidão pelo Paulo Angioni (diretor de futebol do Fluminense). Não somos inimigos. Há um respeito pelo nosso trabalho. Merecemos vencer. Retomávamos rapidamente a bola nos externos para deixar a equipe compactada. Foi gratificante. Fizemos por merecer independentemente do momento que fizemos o gol", afirmou Tite.



SUPERIORIDADE RUBRO-NEGRA E DESFALQUES

Mesmo com problemas físicos e desfalques devido à Copa América, o Flamengo mostrou-se superior ao Fluminense. Embora tenha tido menos posse de bola, o Rubro-Negro foi mais perigoso, forçando o adversário a cometer erros e criando oportunidades claras. A falta de pontaria quase complicou a situação, mas o pênalti sofrido por Bruno Henrique foi decisivo.


SITUAÇÃO NO BRASILEIRÃO

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 24 pontos e garantiu a liderança da Série A por mais uma rodada. Já o Fluminense, que teve apenas uma finalização no clássico e nenhuma no gol defendido por Rossi, permanece na lanterna da competição.




Futebol

"FLAMENGO É O MAIOR BENEFICIADO", PRESIDENTE DE TIME RIVAL CRÍTICA FALAS DE TITE

O diretor enfatizou a necessidade de uma discussão mais ampla

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O presidente do Atlético-GO, Adson Batista, manifestou discordância em relação às recentes declarações do técnico Tite, do Flamengo. Após a vitória sobre o Bahia, Tite enviou recados que geraram reação no meio esportivo.

Conhecido por seu estilo expressivo, Adson Batista enfatizou a necessidade de uma discussão mais ampla e organizada sobre o calendário do futebol brasileiro. "O futebol brasileiro precisa de um amplo debate a respeito do calendário! Há anos se discute como melhorar, mas ninguém apresentou uma ideia plausível. Ficar reclamando no meio do ano também não vai resolver", afirmou o presidente do Atlético-GO.




COMENTÁRIOS SOBRE AS DECLARAÇÕES DE TITE

Adson Batista reconheceu as preocupações de Tite em relação ao tempo de recuperação dos atletas, mas ressaltou que o Flamengo tem sido o maior beneficiado. "Não sou puxa-saco, sou realista. Tite tem suas razões, por causa do tempo de recuperação dos atletas, mas o Flamengo é o maior beneficiado", completou Adson.



ENTENDA O CONTEXTO

As declarações de Tite foram direcionadas ao diretor de competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Júlio Avellar, e foram vistas como uma crítica à organização do calendário. Em contraste, Adson Batista elogiou o trabalho de Avellar, destacando que o dirigente tem ouvido todos os clubes que participam das competições organizadas pela CBF.


VISÃO SOBRE O IMPACTO DO CALENDÁRIO

Adson Batista alertou que times com menor potencial financeiro sofrem mais com o acúmulo de jogos. "Times com menor potencial financeiro vão sofrer muito mais com o acúmulo de jogos. Vejo o diretor de competições Júlio Avellar fazendo um trabalho técnico e de excelência, em que todos os clubes são respeitados", finalizou o presidente do Atlético-GO.




envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

PIADA? PARA O DINIZ A ARBITRAGEM 'DECIDIU' O JOGO PARA O FLAMENGO - CONFIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

DIRIGENTE DO FLAMENGO SOBE O TOM E VOLTA A CRITICAR A CBF: "NÃO TEM VERGONHA NA CARA"

 

Icon Comentário0
Futebol

TITE MANTÉM CRÍTICAS A DIRETOR DA CBF E REAFIRMA QUE NÃO FALTOU COM RESPEITO A NINGUÉM

 

Icon Comentário0