Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

FLAMENGO RECEBEU QUANTIA MILIONÁRIA PELA VITÓRIA SOBRE O BOLÍVAR! ENTENDA...

Rubro-negro goleou e se reabilitou na competição

Paula Reis/CRF
Paula Reis/CRF

  |

Icon Comentário0

Finalmente o torcedor do Flamengo pode comemorar uma vitória com boa atuação na Libertadores. Isso porque o time comandado pelo técnico Tite, goleou sem pena o líder da chave Bolívar no Maracanã lotado, nessa ultima quarta-feira.

A princípio, a vitória pra cima dos Bolivianos, não trouxe somente um alívio na tabela, mas também fez o rubro-negro carioca ficar um pouquinho mais rico. Nesse sentido, o resultado positivo deu ao Fla, 330 mil dólares (R$ 1,7 milhão).


Isto é porque a Conmebol paga essa quantia para cada clube pelos triunfos na competição. Até o momento, o Fla só ‘viu a cor do dinheiro’ quando venceu o Palestino.


Na estreia, o Fla visitou o Millonarios, em Bogotá, e empatou em 1 a 1. O Rubro-Negro chegou a abrir o placar após Arrascaeta sofrer um pênalti e Pedro converter. Todavia, quando já tinha um a mais em campo, cedeu o empate para os colombianos.

Já na terceira rodada, o Mengão perdeu para de maneira vexatória para o Bolívar por 2 a 1 na altitude de La Paz. Por fim, na última semana, foi derrotado pelo Palestino por 1 a 0. Sendo assim, deixou de receber a quantia de R$ 5,1 milhões ao todo.




Futebol

NO SACRIFÍCIO! JOGADORES DO FLAMENGO JOGAM "NO LIMITE" -VEJAM OS ATLETAS

A postura de Fabrício Bruno e Gerson serve de exemplo para o restante da equipe

Internet/Flamengo
Internet/Flamengo

  |

Icon Comentário0

No mundo do futebol, a temporada pode ser um período de extremos – da glória dos títulos à exaustão física. Recentemente, a equipe do Flamengo tem vivido um momento de adversidades, com muitos jogadores lesionados e desfalques importantes. Entre aqueles que se destacam por sua resiliência e dedicação estão o zagueiro Fabrício Bruno e o meia Gerson

Segundo Venê Casagrande, Fabrício Bruno e Gerson têm atuado em condições que muitos considerariam insustentáveis. Fabrício, por exemplo, vem jogando com intensas dores no tornozelo. A situação é tão crítica que, após o confronto contra o Grêmio, ficou evidente o sacrifício que o defensor está fazendo. Da mesma forma, Gerson está lidando com dores no joelho, um problema que poderia facilmente afastá-lo dos gramados.


UMA FORMA DE DEMONSTRAR A  RAÇA PELO CLUBE


No futebol, como em qualquer esporte de alto rendimento, a dor é uma companhia constante. No entanto, o que Fabrício Bruno e Gerson estão enfrentando vai além do normal. Eles continuam se apresentando em campo, mesmo com as limitações físicas que os incomodam diariamente. Esse esforço não passa despercebido pela comissão técnica, que reconhece e valoriza a entrega dos atletas.

Apesar das dificuldades, Fabrício Bruno e Gerson têm conseguido desempenhar bem suas funções em campo. A capacidade de superação e a força mental de ambos os jogadores são impressionantes. A zaga comandada por Fabrício tem sido crucial para manter a defesa sólida, enquanto Gerson continua sendo um pilar no meio-campo, contribuindo tanto defensivamente quanto ofensivamente.



Futebol

UM NOVO LÍDER NO FLAMENGO! ROSSI INCORFOMADO SE TORNA LÍDER NA RETA FINAL CONTRA O ATHLÉTICO-PR

Os companheiros de equipe destacaram a importância de ter um líder como Rossi em campo

Internet
Internet

  |

Icon Comentário0

 Flamengo encontrou no goleiro Rossi uma figura crucial para garantir a vitória. Não foi um jogo de lances milagrosos ou defesas espetaculares, mas a presença e atitude de Rossi foram decisivas para motivar o time rubro-negro nos momentos mais críticos da partida.

Desde o início do jogo, Rossi demonstrou uma postura que transcende as funções habituais de um goleiro. Ele se destacou não apenas pela competência debaixo das traves, mas principalmente por seu papel como líder e motivador. Sempre gesticulando e incentivando seus companheiros, Rossi se recusou a aceitar a derrota, contagiando o restante da equipe com seu espírito combativo.

FLAMENGO TEM "PULMÃO" DEBAIXO DAS TRAVES


Essa atitude inspiradora foi evidente principalmente na reta final do jogo, quando a pressão aumentou e o cansaço começou a pesar nas pernas dos jogadores. Enquanto o Athletico-PR buscava um gol que poderia mudar o rumo da partida, Rossi manteve a concentração e o foco, não permitindo que o Flamengo se acomodasse ou perdesse a confiança.


O papel de Rossi foi fundamental para o Flamengo manter o equilíbrio emocional e a intensidade durante os 90 minutos. Seu comportamento energético e positivo refletiu diretamente na postura do time, que se manteve agressivo e determinado até o apito final. Cada defesa, por mais simples que fosse, era seguida de uma palavra de incentivo ou um gesto de apoio aos colegas de equipe.




Futebol

FLAMENGO EMITE NOTA EXPLICANDO SAÍDA DE BRUNO HENRIQUE NO INTERVALO DA PARTIDA CONTRA O ATHLETICO

Atacante se sentiu mal durante a partida

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

Flamengo e Athletico-PR empataram em 1 a 1 neste domingo, na Ligga Arena, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Durante a partida, o Mais Querido teve uma baixa importante. Isso porque, Bruno Henrique não retornou para o segundo tempo.

O atacante vinha tendo uma boa partida. Contudo, conforme informou o perfil oficial do Rubro-Negro, o camisa 27 sentiu um mal-estar no vestiário durante o intervalo. Assim, não retornou para os últimos 45 minutos. O jovem Victor Hugo foi acionado para entrar no lugar.





envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

ÁUDIO LIBERADO! VAR CONFIRMA POR IMAGEM QUE GABIGOL ESTARIA IRREGULAR - CONFIRA AQUI

 

Icon Comentário0
Futebol

UM DEPOIMENTO EMOCIONANTE, AUTOR DO EMPATE EVERTTON ARAUJO - VEJA ABAIXO

 

Icon Comentário0
Futebol

ESPOSA DE AUXILIAR DO FLAMENGO SE EMOCIONA COM O EMPATE NO ÚLTIMO LANCE DO JOGO

 

Icon Comentário0