Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

FLAMENGO TEM "VIABILIDADES" E "TRUNFOS" PARA O PAGAMENTO DO TERRENO DO GASÔMETRO

A estrutura financeira montada até o momento permite que o Flamengo toque o projeto sem a necessidade de criar uma SAF

Internet
Internet

  |

Icon Comentário0

Segundo O Globo, o Flamengo está prestes a transformar um sonho antigo em realidade: construir um estádio próprio e, com isso, revitalizar uma área importante do Centro do Rio de Janeiro. A nova casa do Rubro-Negro será erguida no terreno do Gasômetro e faz parte de um ambicioso projeto que vai muito além das quatro linhas.

O projeto do estádio do Flamengo, que promete mexer com o coração dos torcedores, faz parte de um plano maior de revitalização da região central do Rio. A Prefeitura da cidade está engajada na transformação do entorno, com a criação de um Centro de Convenções, além de lojas e restaurantes que visam atrair investimentos em empreendimentos imobiliários de alto padrão. A ideia é fazer do local uma nova área nobre, tanto para residências quanto para negócios.


QUAIS SÃO AS FONTES DE PAGAMENTO DO ESTÁDIO DO FLAMENGO 


Para viabilizar a compra do terreno do Gasômetro, o Flamengo planeja utilizar os recursos provenientes da venda de apartamentos que ainda possui no Morro da Viúva. Estimados em R$ 114 milhões, esses imóveis serão convertidos em capital para a aquisição do novo terreno. Esse movimento mostra a intenção do clube em investir pesado em um projeto que, além de trazer benefícios esportivos, pretende alavancar a economia local.

Outro pilar do financiamento do estádio está na negociação dos naming rights. Empresas interessadas em associar suas marcas à nova arena do Flamengo poderão garantir uma exposição significativa, dado o tamanho da torcida e a visibilidade dos jogos. Além disso, o clube pretende vender o potencial construtivo da Gávea, área onde se localiza sua sede social, para arrecadar mais fundos. Essas estratégias de captação de recursos mostram que o clube está focado em alternativas robustas de financiamento sem recorrer à criação de uma Sociedade Anônima do Futebol (SAF).



Futebol

REVELADO NO VITÓRIA, DAVID LUIZ VOLTA AO BARRADÃO DEPOIS DE MAIS DE 11 MILHÕES EM REVENDA

Jogador é o terceiro zagueiro que mais movimentou dinheiro no futebol

Gilvan de Sousa/CRF
Gilvan de Sousa/CRF

  |

Icon Comentário0

A partida entre Vitória e Flamengo, marcada para esta quarta-feira e válida pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, vai marcar o retorno de David Luiz ao Barradão depois de 17 anos. O jogador revelado na Fábrica de Talentos deixou a Toca do Leão em fevereiro de 2007, depois de ser um dos destaques na campanha da Série C no ano anterior.

Depois de passar por Benfica, Chelsea, Paris Saint-Germain e Arsenal ao longo de quase 15 anos no futebol europeu, David Luiz voltou ao Brasil para vestir vermelho e preto, mas do Rio de Janeiro. Quando o zagueiro foi anunciado pelo Flamengo, em 2021, o Vitória vivia o drama de mais um rebaixamento para a Terceira Divisão.


A crise no clube formador atrasou o reencontro, mas com o Vitória de volta à elite do futebol nacional, David Luiz volta para casa. Mesmo que seja apenas para uma visita ao estádio onde deu os primeiros passos na carreira profissional. O zagueiro, agora com 37 anos, chegou à Toca do Leão com 14 e por lá seguiu até os 20.


Série C e primeira venda

David Luiz debutou como jogador profissional aos 18 anos, em 2005. Mas foi na temporada seguinte que o zagueiro fez história no clube como peça fundamental durante a campanha de acesso na Série C. Na época, jogou ao lado de Wallace e Anderson Martins, também defensores revelados na Toca do Leão.


David Luiz jogou no Barradão pela última vez em 28 de janeiro de 2007, quando o Vitória fez 5 a 0 na Catuense, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Baiano. Naquele dia, o Rubro-Negro estava escalado com: Rafael Córdova; Apodi, Sandro, David Luiz e Alysson (Anderson Rodrigues); Vanderson, Garrinchinha, Luiz Carlos Capixaba (Itacaré) e Cléber; Índio e Joãozinho (Pantico).

Dias depois, o Vitória acertou o empréstimo com o Benfica, que tinha opção de compra do zagueiro e exerceu esse direito em maio do mesmo ano. Aquela foi a primeira das muitas transferências na carreira de David Luiz. Ele é o terceiro zagueiro que mais movimentou dinheiro na história do futebol, de acordo com lista do site transfermarkt.

1-Josko Gvardiol: R$ 768 milhões em duas transferências;

2-David Luiz: R$ 720 milhões em cinco transferências.

Lucro rubro-negro

O Vitória embolsou apenas R$ 1,9 milhões quando emprestou e vendeu David Luiz ao Benfica em 2007. Mas seguiu lucrando com o zagueiro por causa do Mecanismo de Solidariedade da Fifa. O instrumento está em vigor desde 2001 e foi criado para recompensar o investimento feito pelos clubes na formação de atletas.

O período de formação acontece entre os 12 e os 23 anos de idade, e o clube tem direito a 5% de futuras negociações internacionais, com o valor sendo proporcional à passagem do atleta pela equipe. No caso de David Luiz, valem os seis anos em que ele esteve na Toca do Leão.

Depois do Benfica, o zagueiro foi negociado com o Chelsea, e de lá partiu para defender o Paris Saint-Germain na até então maior venda de um zagueiro na história do futebol: R$ 152 milhões. O defensor ainda voltou ao Blues em nova transferência que abasteceu os cofres da Toca do Leão.


Dinheiro recebido pelo Vitória nas transferências de David Luiz:

Venda ao Benfica (2007): R$ 1,9 milhões;

Venda ao Chelsea (2011): R$ 2,1 milhões;

Venda ao PSG (2014): R$ 4,2 milhões;

Venda ao Chelsea (2016): R$ 3,4 milhões;

Venda ao Arsenal (2019): não recebeu porque são clubes do mesmo país;

Saída para o Flamengo (2021): sem custo.


Futebol

SÃO PAULO DÁ CHAPEU NO FLAMENGO E ANUNCIA CONTRATAÇÃO DE MEIO-CAMPISTA

Atleta chega da lazio para reforçar o tricolor até junho de 2025

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O São Paulo anunciou nesta terça-feira a contratação do meio-campista Marcos Antônio. O jogador de 24 anos, que pertence à Lazio, da Itália, também estava na mira do Flamengo, mas optou por se juntar ao Tricolor Paulista. Ele chega por empréstimo de um ano, válido até 30 de junho de 2025.

Em suas primeiras declarações como jogador do São Paulo, Marcos Antônio expressou grande entusiasmo: "É um momento de muita alegria e felicidade, um sentimento diferente. Estou feliz com a oportunidade de defender o São Paulo e espero ajudar os meus novos companheiros. Vamos jogar junto com a nossa torcida para conquistar os objetivos do clube," disse o meio-campista ao site oficial do clube.




DETALHES DA NEGOCIAÇÃO

Pelo empréstimo, o São Paulo pagará 150 mil euros (aproximadamente R$ 906 mil). O contrato inclui uma cláusula de compra obrigatória caso o jogador participe de 50% dos jogos durante o período de empréstimo, com um mínimo de 45 minutos jogados em cada partida.


Se essa condição for atendida, o valor da compra está fixado em 4,2 milhões de euros (cerca de R$ 25,3 milhões), que serão parcelados durante as três temporadas de contrato, do meio de 2025 ao meio de 2027.


SUBSTITUIÇÃO DE ALISSON

Marcos Antônio estava emprestado ao PAOK, da Grécia, antes de acertar com o São Paulo. Ele chega para substituir Alisson, que fraturou o tornozelo direito na última quarta-feira e teve que passar por cirurgia. Revelado pelo Athletico-PR, Marcos Antônio construiu uma carreira de sucesso na Europa, e agora retorna ao Brasil para reforçar o meio-campo tricolor.


Futebol

CONSELHEIROS DO FLAMENGO VOTARÃO POR LIBERAÇÃO DE LANCE INICIAL DE R$138 MILHÕES PELO GASÔMETRO

Reunião será na próxima segunda-feira, na Gávea

Gasômetro / Divulgação
Gasômetro / Divulgação

  |

Icon Comentário0

A diretoria do Flamengo convocou os membros do Conselho Deliberativo para uma reunião na próxima segunda-feira, às 18h30, na sede do clube, na Gávea. O objetivo da reunião é votar a liberação do lance inicial de aproximadamente R$ 138 milhões no leilão do terreno do Gasômetro, onde o clube pretende construir seu novo estádio.

“Autorizar o Flamengo a participar do leilão e ofertar lances em valor igual ou superior ao de avaliação, a fim de que o Flamengo possa adquirir o mencionado imóvel em valor que julgar justo, razoável e compatível com a saúde financeira”, afirma um trecho do documento de convocação.


Após a desapropriação determinada pelo prefeito Eduardo Paes, o lance mínimo foi estabelecido em R$ 138.195.000,00. Ao que tudo indica, o Flamengo será o único participante no leilão para adquirir o terreno, que pertencia a um fundo de investimentos administrado pela Caixa.


O terreno do Gasômetro, localizado em uma área estratégica da cidade, é visto pela diretoria do Flamengo como o local ideal para a construção de um novo estádio, que atenderia às necessidades do clube e de sua vasta torcida. A aquisição desse terreno é um passo fundamental na concretização desse projeto ambicioso.

A aprovação do lance inicial pelo Conselho Deliberativo é crucial para que o Flamengo possa avançar com segurança na negociação e garantir a compra do terreno. A expectativa é que, com a nova casa, o clube possa aumentar ainda mais sua receita e proporcionar uma experiência única para seus torcedores.



envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

EX-FLAMENGO GANHA NOVO NÚMERO NA CAMISA E AUMENTA PRESTÍGIO NA INGLATERRA

 

Icon Comentário0
Futebol

FLAMENGO X VITÓRIA - ONDE ASSISTIR, PROVÁVEL ESCALAÇÃO E HORÁRIO

 

Icon Comentário0
Futebol

ATACANTE DO FLAMENGO, GABIGOL FAZ NOVO DESABAFO NAS REDES SOCIAIS

 

Icon Comentário0