Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

GABIGOL RECEBE MEDALHA DO CARIOCÃO SEM O ELENCO DO FLAMENGO, MAS AGRADECE O APOIO

O atacante rubro-negro está suspenso por tentativa de fraude antidopping e estava proibido de ir ao Maracanã para a partida contra o Nova Iguaçu

Gabigol / Divulgação
Gabigol / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Gabigol não pôde estar no Maracanã neste domingo (07), no segundo jogo da final contra o Nova Iguaçu. Ele não pode ter contato com o elenco em jogos, no CT ou nos eventos oficiais. O atacante já recebeu a medalha, enviada pelo Rubro-Negro. Um vídeo do camisa 10 recebendo a premiação foi exibido no telão do Maracanã.

A torcida foi à loucura no momento em que o jogador apareceu no telão e ovacionou o atacante. A Nação ainda entoou gritos de 'Fica, Gabigol'. Apesar de não existir uma determinação clara neste sentido, o camisa 10 também não vai marcar presença na festa do Estadual do Rio, nesta segunda-feira (08).

O jogador participou da campanha vitoriosa no Estadual. Ele atuou em oito jogos, sendo titular em dois, e marcou dois gols, contra Sampaio Corrêa-RJ e Volta Redonda. A defesa de Gabigol entrou com o pedido de efeito suspensivo para que ele volte a poder jogar. O movimento na Corte Arbitral do Esporte (CAS) foi feito na terça-feira.

Os advogados do jogador entendem que ele pode acabar cumprindo grande parte ou toda a suspensão aguardando o recurso no CAS. A previsão é que esse processo demore cerca de seis meses para ser concluído. A punição é válida até 7 de abril de 2025. Ele foi suspenso por dois anos, mas conta a partir do episódio em questão, que ocorreu em abril do ano passado. 

Enquanto isso, o time do Mais Querido continua se preparando para conquistar mais títulos em 2024, mesmo que sem o seu camisa 10. O próximo compromisso do Mengão é já nesta quarta-feira (10), pela Libertadores, contra o Palestino (CHI). Já no domingo (14) acontece a estreia do Brasileirão, contra o Atlético-GO. 



Futebol

TÉCNICO DO AMAZONAS ANALISA VITÓRIA DO FLAMENGO NA COPA DO BRASIL: "INFELICIDADE DO GOL"

Apesar do resultado negativo, o comandante do time comentou que sua equipe foi bem em boa parte da partida e deu azar no gol tomado

Adilson Batista / Divulgação
Adilson Batista / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Com gol de Pedro no final da segunda etapa, o Flamengo voltou a vencer o Amazonas pela terceira fase da Copa do Brasil. No agregado, o Mengão venceu por 2 a 0. Agora, o CRF aguarda o adversário das oitavas de final. Apesar da classificação e das duas vitórias, podemos destacar que pela diferença dos elencos e do poder financeiro das equipes, era esperado que o Mengão passasse até com um placar maior de diferença no resultado agregado.

Adilson Batista, técnico do Amazonas, concedeu entrevista coletiva após o jogo e falou sobre a partida. Ele começou a sua análise do duelo, destacando que o seu time foi bem nas duas partes do duelo.  “Nós fizemos um bom jogo. Fizemos um bom primeiro tempo. Arriscamos depois com as trocas, estivemos bem também em grande parte do segundo tempo”, começou o comandante.


Para ele, um dos grandes problemas da equipe foi o gol tomado, onde ele viu azar da equipe no desvio que acabou interferindo diretamente no lance do gol de Pedro, que matou o confronto. “Tivemos a infelicidade do gol, do desvio no rebote. Mas eu tenho que enaltecer o comportamento deles. Tudo que eles fizeram me deixar orgulhoso, para gente ir melhorando na competição”, completou Adilson Batista.


Agora, o Mengão já se prepara para dois jogos importantes em sequência. Na noite da próxima terça-feira (28), o Flamengo encara o Millonarios, da Colômbia, em casa, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Já pelo Brasileirão, o Rubro-Negro Carioca encara o Vasco no dia 2 de junho.




Futebol

FLAMENGO JÁ INICIOU O PLANEJAMENTO PARA LIBERTADORES COM DÚVIDAS SOBRE JOGADORES

Tite atualizou estado de um dos craques, durante a coletiva de imprensa ; Rubro-Negro tem outras opções

Tite / Divulgação
Tite / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Com a classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, o Flamengo cumpre um objetivo na temporada e dá tranquilidade aos torcedores. O Rubro-Negro busca dar mais um passo e confirmar sua ida ao mata-mata da Libertadores. No Maracanã, a equipe de Tite terá a chance de reverter a imagem ruim do desempenho abaixo da média contra o Amazonas. O Mais Querido ambiciona a liderança do Grupo E, enquanto o Millonarios já está eliminado do torneio e sem chances de classificação para a Sul-Americana.

Uma das grandes dúvidas do elenco é a presença de De La Cruz, que vem sendo uma espécie de motor no meio de campo do Flamengo. O meia sofreu um trauma no joelho direito e será reavaliado no Rio de Janeiro.


Em coletiva, Tite não descartou a presença do uruguaio na partida pela Libertadores, mas também não conseguiu dar garantias da presença do camisa 18. Apesar da "decisão" na próxima semana, o jogador também sonha em estar saudável para a disputa da Copa América com a Celeste.


"O problema do De la Cruz não é físico. É médico, clínico. Foi um trauma, um impacto, e já no intervalo ele estava sentindo. No segundo tempo pediu para sair porque não conseguia mais ter o desenvolvimento. Ele faz o sinal para mim, na condição de substituição. Jogos que são uma exigência física muito grande, é nossa função, departamento de fisiologia, físico, e no caso clínico dele de recuperação para tê-lo no próximo jogo", disse. 

Diante desse cenário, Tite tem outras opções no elenco caso De La Cruz não seja opção, como Igor Jesus, que entrou bem e foi decisivo para a vitória do Flamengo sobre o Amazonas. Mas também Lorran, que foi muito elogiado nas últimas semanas, o que ocasionaria em um recuo de posição de Gerson. Sem confrontos pelo Brasileirão no fim de semana, o Rubro-Negro tem uma semana cheia de trabalho para dar uma resposta. E, quem sabe, encerrar a fase de grupos da Libertadores com moral elevada e deixar os rivais com receio.




Futebol

ATÉ ONDE O CARIOCÃO CONTRIBUÍA PARA OS NÚMEROS ABSURDOS DA DEFESA DO FLAMENGO? CONFIRA

Setor defensivo do Mais Querido não sofreu nenhum gol em fevereiro e março, mas só não foi vazado em duas partidas em abril

Tite / Divulgação
Tite / Divulgação

  |

Icon Comentário0

A defesa do Flamengo é uma das melhores do Brasil em números, mas, em abril, teve uma queda de rendimento com relação ao início da temporada. O Rubro-Negro continua sofrendo poucos gols, é verdade, mas a quantidade aumentou de maneira significativa neste mês. Tite e companhia tiveram mais jogos com a meta vazada do que limpa.

É uma situação incomum para quem acompanhou o Flamengo desde o início da temporada. A solidez defensiva é uma das marcas de Tite, mas, em meio à maratona de jogos neste mês, o sistema tem se mostrado um pouco mais frágil. A Trivela explica o que mudou neste período.


Antes de qualquer coisa, é necessário levar em conta que o nível técnico dos adversários do Flamengo aumentou bastante neste mês. Se em fevereiro e março, meses em que passou sem sofrer um gol sequer, o Rubro-Negro disputava apenas o Carioca, abril reservou estreias na Libertadores e no Brasileirão. Por mais que o Estadual tenha os seus clássicos regionais, as nuances são completamente diferentes.


Na Libertadores, por exemplo, o Flamengo enfrentou a altitude duas vezes e foi vazado em ambas, esse fator precisa ser considerado. Em outros jogos, como diante do São Paulo, por exemplo, o Rubro-Negro poderia ter terminado sem sofrer gols.




envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

AMAZONAS X FLAMENGO: PARTIDA TEM O PIOR NÚMERO DE PAGANTES EM JOGOS OFICIAIS DO FLA EM MANAUS

 

Icon Comentário0
Futebol

FLAMENGO TEM NOVO MOMENTO, MAS NÃO CONVENCE CONTRA O AMAZONAS

 

Icon Comentário0
Futebol

PEDRO SE DERRETE POR TEMPORADA DE JOGADOR DO FLAMENGO: "ELE TRABALHA MUITO"

 

Icon Comentário0