Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

JORNALISTA DEFENDE TÍTULO DE 1987 DO FLAMENGO " O CAMPEÃO LEGÍTIMO" - ENTENDA ABAIXO

A controvérsia de 1987 tem raízes profundas na organização do futebol brasileiro da época

Internet
Internet

  |

Icon Comentário0

Em 1987, o Campeonato Brasileiro de Futebol foi marcado por uma das maiores polêmicas da história do esporte nacional. A disputa pelo título entre Flamengo e Sport ainda gera debates intensos, dividindo opiniões entre torcedores, jornalistas e juristas. Paulo Vinícius Coelho (PVC), em entrevista ao AltTabet no UOL Esporte, trouxe à tona essa controvérsia, propondo uma visão conciliadora sobre o tema.

PVC afirma que, apesar de considerar o Flamengo o campeão legítimo de 1987, acredita que o título deve ser dividido com o Sport. Segundo ele, “O campeão legítimo de 1987 é o Flamengo, mas acho que tem que dividir.” Ele argumenta que essa não é uma situação isolada no futebol brasileiro e que a prática de dividir títulos não é inédita.


FLAMENGO TEM NOVA INVESTIDA 


A confusão começou com a criação da Copa União, organizada pelo Clube dos 13, que reuniu os principais clubes do Brasil, enquanto a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) organizou outro campeonato paralelo. O Flamengo venceu a Copa União, enquanto o Sport conquistou o título no torneio organizado pela CBF. A controvérsia se intensificou quando a CBF declarou o Sport como campeão brasileiro, decisão que foi posteriormente confirmada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

PVC destaca que “o campeão legal que o STF já julgou e entende que é o Sport”, ressaltando a legitimidade jurídica da conquista do time pernambucano. Entretanto, ele também reconhece o valor esportivo da vitória do Flamengo na Copa União, justificando sua proposta de divisão do título.



Futebol

MATHEUS BACCHI FALA SOBRE O CURTO TEMPO DE PREPARO DO ELENCO DO FLAMENGO

O auxiliar de Tite fala sobre o momento do clube

Internet/Flamengo
Internet/Flamengo

  |

Icon Comentário0

Nos últimos anos, a discussão sobre a necessidade de reorganização do calendário do futebol brasileiro tem se intensificado. Entre as vozes que clamam por mudanças, destaca-se a de Matheus Bachi, que recentemente abordou a importância de se repensar o formato atual das competições nacionais.

Uma das principais preocupações levantadas por Bachi é o tempo disponível para que as equipes trabalhem entre os jogos. Segundo ele, é fundamental que haja um período adequado para treinar, definir padrões e preparar os jogadores que vão iniciar as partidas, assim como aqueles que entrarão durante o jogo. Essa preparação é essencial para garantir um desempenho consistente e competitivo em todas as competições.


FLAMENGO E O TEMPO DE PREPARO 


Bachi destaca que, para valorizar todas as competições, como o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil, é crucial que os times tenham condições de dar o máximo em cada jogo. No entanto, com o calendário apertado e uma sequência intensa de jogos, essa tarefa se torna praticamente impossível. A falta de tempo para recuperação e preparação afeta não só o rendimento dos jogadores, mas também a qualidade do espetáculo oferecido aos torcedores.

A saúde dos atletas é outro ponto central na argumentação de Bachi. Ele enfatiza que é necessário uma reorganização do calendário no futuro para preservar a integridade física dos jogadores. Atualmente, a sobrecarga de jogos e a falta de tempo para recuperação aumentam o risco de lesões, o que compromete a carreira dos atletas e a competitividade dos times.



Futebol

TITE DETONA CALENDÁRIO DOS ESTADUAIS NA COLETIVA APÓS A VITÓRIA DO FLAMENGO

A redução dos campeonatos regionais é uma sugestão que merece ser considerada com seriedade

Internet/Flamengo
Internet/Flamengo

  |

Icon Comentário0

No cenário atual do futebol brasileiro, um dos pontos mais discutidos é a gestão dos campeonatos regionais e seu impacto no calendário esportivo nacional. A intensidade e frequência desses torneios têm sido motivo de debate entre jogadores, técnicos e dirigentes, que sugerem uma reformulação que possa beneficiar tanto os clubes quanto os atletas.

Recentemente, uma sugestão tem ganhado força: a diminuição dos campeonatos regionais. A proposta é clara e direta: reduzir a quantidade de jogos dos regionais para proporcionar mais tempo de descanso aos jogadores e, consequentemente, ampliar a janela de tempo disponível para o Campeonato Brasileiro.

FLAMENGO TEM SUAS VOABILIDADES NA TEMPORADA 


Atualmente, os campeonatos regionais são disputados de forma intensa, com partidas acontecendo de domingo a domingo. Essa rotina exaustiva resulta em uma média de apenas cinco dias de folga para os jogadores entre um jogo e outro. A carga de trabalho não só compromete o desempenho dos atletas em campo, como também aumenta o risco de lesões, afetando a qualidade dos jogos e a saúde dos profissionais.


Com a redução dos campeonatos regionais, seria possível destinar um período maior para a realização do Campeonato Brasileiro. Essa mudança traria benefícios significativos para o calendário esportivo, permitindo uma melhor organização e planejamento das partidas, além de proporcionar um descanso adequado aos jogadores. Com mais tempo disponível, os clubes poderiam se preparar de forma mais eficaz para os confrontos nacionais, elevando o nível das competições.


Futebol

TITE SAI EM DEFESA DO ELENCO DO FLAMENGO APÓS VITÓRIA SUADA - CONFIRA

O Campeonato Brasileiro é, sem dúvida, um dos mais equilibrados do mundo

Internet
Internet

  |

Icon Comentário0

A Série A do Campeonato Brasileiro é conhecida pela sua competitividade e equilíbrio. Cada temporada traz surpresas, com times de menor expressão se destacando e desafiando os gigantes do futebol nacional. Uma dessas equipes é o Vitória, que, apesar de não ser tradicionalmente uma potência, demonstra a qualidade que permeia a primeira divisão do futebol brasileiro.

Não há equipe menor na Série A com a qualidade que o Vitória apresenta. Essa afirmação não é uma tentativa de bajulação, mas sim um reconhecimento profissional. O Vitória tem mostrado, em campo, a força e o equilíbrio que caracterizam o Campeonato Brasileiro. A avaliação vem de alguém que entende profundamente o esporte e consegue perceber o quão disputado é este campeonato.


FLAMENGO TEM REVÉS DE VITÓRIA


No último jogo, o Vitória teve um primeiro tempo exemplar. A equipe entrou em campo com determinação e conseguiu um resultado consistente. A estratégia e a execução foram impecáveis, refletindo a preparação e o foco do time.

No segundo tempo, o jogo se tornou mais equilibrado. A outra equipe melhorou sua performance, igualando as ações em campo. Em um momento crucial, quando o Vitória estava prestes a marcar o segundo gol, o goleiro adversário fez uma defesa extraordinária. Foi uma intervenção que mudou o rumo da partida.



envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

TITE SAI EM DEFESA DO ELENCO DO FLAMENGO APÓS VITÓRIA SUADA - CONFIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

WERTON EX-FLAMENGO BRILHA NA CHEGADA AO LEIXÕES -CONFIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

O "HOMI" TA VOLTANDO! PELO SEGUNDO JOGO SEGUIDO, GABIGOL SAI DO BANCO PARA DECIDIR EM VITÓRIA DO FLAMENGO

 

Icon Comentário0