Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

JORNALISTA DETONA GABIGOL E EXALTA PARTIDA DE PEDRO NO MARACANÃ, VEJA OS DETALHES

A fala de André Rizek revela um cenário de tensão e expectativas dentro do Flamengo

Foto: Flamengo
Foto: Flamengo

  |

Icon Comentário0

O apresentador do Sportv, André Rizek, abordou as comparações entre os jogadores Pedro e Gabigol, que disputam a mesma posição no Flamengo. Durante uma análise recente, Rizek ressaltou como as atuações de Pedro frequentemente são ofuscadas pela idolatria em torno de Gabigol, mesmo quando este está no banco de reservas.

 Rizek começou destacando a performance de Pedro, especialmente em uma partida no Maracanã. Ele mencionou que o ambiente em torno do Flamengo está voltando a uma situação de normalidade, onde se pode falar de um jogador que está atuando e daquele que está na reserva de forma justa. Segundo ele, é incomum que um atleta como Pedro, artilheiro do Brasil com 22 gols em 27 jogos, ainda seja ofuscado pela presença de Gabigol no banco.


ATACANTES BONS E DE RETORNO 

"A partida que o Pedro fez no A fala de André Rizek revela um cenário de tensão e expectativas dentro do Flamengo somada à indiferença como Gabigol foi tratado no estádio, o noticiário do Flamengo, enfim, entra no clima de mais normalidade. A gente vai falar de um jogador que atua e de quem é reserva dele. Porque não é normal o Pedro fazer gol atrás de gol, sendo artilheiro do Brasil esse ano, e a gente falar só do Gabigol", comentou Rizek.

Ele relembrou situações em que Pedro, mesmo marcando gols decisivos, foi vaiado pelos torcedores simplesmente porque Gabigol estava no banco. "Não foi normal o Pedro ser vaiado no jogo de estadual onde ele fez gol, pelo único motivo de no banco dele, estar um ídolo do tamanho do Gabigol. Não foi normal um profissional dessa categoria levar um soco na cara de um preparador físico. O normal deveria ser a gente falar dos números, dos gols do Pedro, que aliás são ótimos. Só nesse ano, ele tem 22 gols em 27 jogos e é artilheiro do futebol brasileiro", acrescentou.


Por fim, Rizek comentou sobre o desafio que Gabigol terá pela frente se quiser voltar a ser uma peça chave para o Flamengo. "Gabigol vai ter que lutar muito para voltar a ser um jogador competitivo, ser útil dentro do Flamengo e ele pode ser. E o Pedro seguir fazendo gol atrás de gol. O melhor para o Flamengo é falar apenas de futebol e na bola, é bola pro Pedro que resolve", concluiu.


Futebol

COM ARRASCAETA E VINA, URUGUAI BATE O CANADÁ E FICA COM O TERCEIRO LUGAR DA COPA AMÉRICA

flamengo, últimas do fla, fla notícias, uruguai, copa américa

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

Sem De La Cruz e Varela suspensos, o Uruguai, eliminado pela Colômbia, enfrentou o Canadá pela disputa do terceiro lugar e empatou em 2 a 2. Nos pênaltis, deu Celeste, 4 a 3. Viña, investigado pela Conmebol por incidentes na arquibancada após a queda para os colombianos, foi novamente titular. Já Arrascaeta entrou no segundo tempo no lugar de Ugarte.

A partida foi eletrizante nos EUA. Logo aos seis minutos, Bentancur abriu o placar para o Uruguai. Entretanto, ainda na etapa inicial, Koné empatou e David virou para o Canadá. Todavia, no fim da partida, aos 46 minutos do segundo tempo, Luis Suárez deixou tudo igual: 2 a 2.


Ao todo na competição, Nicolás de la Cruz jogou cinco partidas. Ou seja, só não duelou contra o Canadá pelo segundo cartão amarelo. O meio-campista foi um dos melhores jogadores da Celeste Olímpica no torneio e deu duas assistências na Copa América. Já Varela permaneceu no banco em toda a fase de grupos, mas entrou no segundo tempo contra Brasil e Colômbia. Diante dos colombianos, foi expulso.


Camisa 10 uruguaio, Arrascaeta deu uma assistência na competição, marcou nas disputas de pênaltis contra Brasil e Canadá e entrou em campo também diante da Bolívia, Panamá, Colômbia. Titular assim como De La Cruz, o lateral-esquerdo Matías Viña jogou todos os jogos e fez um gol e deu uma assistência.

Uruguai encerra participação na Copa América e Flamengo terá volta de quarteto

Enfim, Arrascaeta, Nicolás de la Cruz, Matías Viña e Guillermo Varela estão de volta ao Flamengo. Sem o quarteto, o Mengão resistiu na liderança até a derrota para o Fortaleza, mas após cinco vitórias, dois empates e dois resultados negativos, o Rubro-Negro caiu para o terceiro lugar.

Com os ‘reforços’, o Fla volta a campo para enfrentar o Criciúma, dia 20, em Brasília, pelo Brasileirão. A bola rola às 16h (horário de Brasília).


Futebol

CÚPULA DO FLAMENGO TEM SAÍDAS E PROXIMIDADE DAS ELEIÇÕES MEXEM NOS BASTIDORES DO CLUBE

A diretoria viu cinco vice-presidentes deixarem os cargos nas últimas semanas.

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

A eleição presidencial do Flamengo vai acontecer em dezembro, mas os bastidores do clube já estão agitados. A cúpula da gestão de Rodolfo Landim perdeu integrantes que vão apoiar outros grupos no pleito e novas despedidas podem vir em breve. O grupo do atual mandatário, por outro lado, ainda calcula ter força.

Landim anunciou apoio a Rodrigo Dunshee na eleição. Dunshee é vice-Geral e Jurídico do clube, e acompanhou o atual presidente nos dois mandatos. A diretoria viu cinco vice-presidentes deixarem os cargos nas últimas semanas. As despedidas foram para se aliar ao grupo de Luiz Eduardo Baptista, o Bap, ou ao de Maurício Gomes de Mattos.


Foram três despedidas para apoiar Bap. Rodrigo Tostes, de Finanças, e Marcelo Conti, vice de Gabinete da Presidência, saíram na última semana, enquanto Paulo Cesar Pereira, vice de Secretaria, conversou com Landim na noite da última sexta-feira (12). O mandatário indicou que vai acumular a vice de Finanças e indicou Diogo Lemes para a vaga deixada por Conti.


As outras duas saídas foram para o grupo de Maurício Gomes de Mattos

 Uma delas foi o próprio Maurício, que era vice de Embaixadas e Consulados, e saiu da diretoria para lançar candidatura própria. Adalberto Ribeiro, então vice de Relações Externas, deixou o cargo para apoiar Maurício.


As saídas não pegaram a diretoria de surpresa, segundo pessoas ouvidas pelo UOL. As movimentações já eram esperadas e outras despedidas são aguardadas. Entende-se que houve uma união de diferentes vertentes em torno da candidatura de Landim, mas essa aliança não se mostra mais necessária na atual conjuntura.

O cenário aponta para a primeira ruptura de maior volume desde quando Landim assumiu, em janeiro de 2019. Nos corredores, porém, há uma avaliação positiva. A leitura é que, mesmo com saídas e formações de alianças que virão a ser rivais na eleição, a maioria dos grupos políticos ainda apoia Dunshee — esse desenho traz confiança ao grupo de situação em outro pleito. Landim pode vir candidato a presidente do Deliberativo.

Os grupos que já faziam oposição à gestão ainda debatem as opções

 Há uma visão que muitos movimentos podem acontecer nos bastidores, e estuda-se o cenário antes da decisão sobre qual rumo tomar. Eles avaliam a candidatura própria ou o apoio a alguma chapa, e calculam que podem levar consigo cerca de 500 votos.

A inscrição das chapas será entre 10 e 30 de setembro. A eleição acontecerá nos primeiros dez dias de dezembro. A identificação das chapas não será mais por cor, e, sim, por número.


Futebol

COMENTARISTA DETONA ATITUDE DE JOGADOR DO FLAMENGO E DESABAFA: "INDIGNADO"

O atacante do Mais Querido foi bastante criticado e o jornalista Rizek, do Globo Esporte, detonou a atitude do jogador

Gabigol / Divulgação
Gabigol / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Na noite da última quinta-feira (13), o Flamengo conquistou mais uma importante vitória no Campeonato Brasileiro, por 2 a 1, contra o Grêmio, no Estádio do Maracanã. Com o resultado, o Flamengo chegou aos 17 pontos e reassumiu a liderança da competição. Já o Grêmio, com seis pontos, permanece próximo da zona de rebaixamento.

O jogo também contou com uma visitinha especial. Neymar aproveitou o período de férias no Brasil para assistir a uma partida do Brasileirão. O camisa 10 do Al Hilal foi até o Maracanã para a partida entre Flamengo e Grêmio e até entrou no vestiário do Mengão. A partida também ficou marcada por um pênalti anulado. Bruno Henrique após uma dividida com o zagueiro Kannemann. Luiz Flávio de Oliveira até deu a penalidade, mas o VAR anulou.


O lance ainda ficou repercutindo bastante durante a sexta-feira. O atacante do Flamengo foi bastante criticado e o jornalista Rizek, do Globo Esporte, detonou a atitude do jogador.


“O lance que ficou marcado na minha cabeça nos jogos de ontem é a simulação do Bruno Henrique, estou muito “bolado” com esse lance. Na hora eu tive a clara sensação de pênalti. Eu teria sido enganado, como o árbitro. É uma dedução lógica, o jogador está com um marcador na frente dele, por que simular? Não tem lógica“, comentou.

“Depois que eu entendi que era uma simulação fiquei indignado com o Bruno Henrique. Não faz o menor sentido o jogador preferir se jogar a fazer um gol. Na era do VAR, não faz sentido, é muito pouco inteligente. Acho que eu não poderia ser dirigente não, porque se fosse, estaria louco com ele, pensando em multá-lo“, disse.




envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

MELHORES MOMENTOS | FLAMENGO 3x2 BOTAFOGO | NÓ TÁTICO DE FILIPE LUÍS NA RAÇA VIRADA HERÓICA SUB 20

 

Icon Comentário0
Futebol

FLAMENGO 3X2 BOTAFOGO- BRASILEIRO SUB20

 

Icon Comentário0
Futebol

CLAUDINHO FINALMENTE FALA SOBRE SUA IDA PARA O FLAMENGO APÓS GANHAR TÍTULO NA RÚSSIA

 

Icon Comentário0