Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

NARCOTRÁFICO? CONHEÇA A HISTÓRIA DO MILLONÁRIOS, 1º RIVAL DO FLAMENGO NA LIBERTADORES

Clube colombiano foi casa de craque antes do argentino se transferir para o Real Madrid e se tornar um dos principais jogadores do mundo

Millonarios / Divulgação
Millonarios / Divulgação

  |

Icon Comentário0

O Flamengo estreia na Libertadores contra o Millonarios, clube que, assim como os principais times da Colômbia, já teve ligação com o narcotráfico, mas que agora pertence a um grande fundo de investimento americano. A tradicional camisa azul e branca colombiana já vestiu o lendário Di Stéfano e Mengálvio, campeão mundial pela seleção brasileira, em 1962.

O clube foi criado em 1937 por um grupo de alunos de um colégio religioso em Bogotá. A fundação, no entanto, aconteceu nove anos depois através de Afonso Quevedo, que se tornou o primeiro presidente. E foi logo no início de sua história que o Millonarios começou a sua era de ouro, que é marcada pela chegada do argentino Di Stéfano, em 1949, e pelo time conhecido como “Ballet Azul”.


O argentino foi apelidado como "flecha loira" e chegou ao time junto com os compatriotas: Pedernera, Néstor Cossi, Antonio Báez e Julio Cossi. Para muitos, esse é o melhor time da história do futebol colombiano. Foi com Di Stéfano sendo estrela da equipe que os colombianos tiveram, até o momento, o único encontro com o Flamengo. Um amistoso em 1952 no El Campín, na Colômbia. O Rubro-Negro foi derrotado por 4 a 1.


Mas foi outro amistoso que mudou a vida de Di Stéfano. O argentino chamou atenção do Real Madrid após uma grande atuação no amistoso entre as equipes no Santiago Bernabéu. O Millonarios venceu o time espanhol por 4 a 2 e conquistou o torneio comemorativo Golden Wedding. Um ano depois, os espanhóis contrataram o jogador, que se tornou um dos maiores atletas de todos os tempos.



Se Di Stéfano não ganhou Copa do Mundo nem pela Argentina e nem pela Espanha, já que se naturalizou espanhol por conta da história com o país, o Millonarios possui ligação com pelo menos um campeão mundial. O ídolo do Santos, Mengálvio, campeão em 1962 com a seleção brasileira, encerrou a carreira no clube colombiano em 1969.

Enquanto Di Stéfano conquistava o seu espaço no Real Madrid, o Millonarios foi se consolidando como um dos maiores clubes da Colômbia e, entre os anos 70 e 90, seguiu a regra da época e viu o narcotráfico começar a influenciar no comando do futebol.

Foi na década de 70 que os cartéis começaram a se relacionar com alguns clubes com a intenção de legalizar o dinheiro que era movimentado. No caso do Millonarios, o presidente Hermes Tamayo foi preso em Barranquilla com duas toneladas de cocaína. Há relatos que Gonzalo Rodríguez Gacha, “El Mexicano”, um dos principais sócios de Pablo Escobar no cartel de Medellín, matou um dirigente para assumir o comando do clube, que na sua gestão foi bicampeão colombiano (1987 e 1988).



Futebol

BOA RECUPERAÇÃO! ALVO DO FLAMENGO NA JANELA DO INÍCIO DA ANO SE LESIONA E NÃO JOGA MAIS EM 2024

No auge de sua carreira, o volante se vê agora diante de um obstáculo

Rodrigo Coca / Corinthians
Rodrigo Coca / Corinthians

  |

Icon Comentário0

O volante Maycon, do Corinthians, enfrenta uma dura temporada fora dos gramados devido a uma grave lesão no joelho. O jogador, que esteve próximo de se transferir para o Flamengo no início do ano, teve um contratempo que abala não apenas sua carreira, mas também a dinâmica do time alvinegro.

Segundo informações obtidas pelo GE, Maycon sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior, um dos mais importantes estabilizadores do joelho. Esse tipo de lesão é conhecido por demandar um período significativo de recuperação, o que torna incerto o retorno do jogador aos campos ainda em 2024.


PRÓXIMOS PASSOS DA CARREIRA

A lesão representa um golpe duro para o Corinthians, que contava com a presença e a habilidade de Maycon no meio-campo. Sua ausência deixará uma lacuna na equipe, exigindo que o técnico e a diretoria busquem alternativas para preencher essa posição crucial.

Além do impacto esportivo, a lesão de Maycon também afeta o jogador em nível pessoal. A incerteza em relação à recuperação completa e o longo período de afastamento dos gramados representam desafios emocionais e psicológicos para o atleta. A superação dessa fase exigirá não apenas cuidados médicos adequados, mas também apoio da família, colegas de equipe e torcedores.


A trajetória de Maycon no Corinthians e as expectativas em torno de sua transferência para o Flamengo evidenciam o quanto o futebol está sujeito a reviravoltas inesperadas. No auge de sua carreira, o volante se vê agora diante de um obstáculo que testará sua resiliência e determinação.


Futebol

BRILHO E CONSISTÊNCIA! O IMPACTO DE LUIZ ARAÚJO NO FUTEBOL ATUAL DO FLAMENGO

Luiz Araújo em 2024 é mais do que apenas um jogador de futebol talentoso

Foto: Internet/ Flamengo
Foto: Internet/ Flamengo

  |

Icon Comentário0

Um jogador cuja jornada no mundo do futebol ganha novos capítulos a cada partida. Luiz Araújo, em 2024, continua a se destacar com sua presença em campo, demonstrando habilidade, determinação e uma capacidade única de influenciar o jogo. Seus números impressionantes refletem não apenas sua qualidade técnica, mas também sua importância para a equipe em que joga. CONSISTENTE E IMPORTANTE PARA TITE

Com 17 jogos disputados, sendo titular em 12 deles, Luiz Araújo demonstra uma presença constante e confiável no campo. Sua contribuição vai além dos gols e assistências, com 26 passes decisivos que desempenharam um papel crucial em momentos-chave das partidas. Além disso, sua habilidade em criar oportunidades para seus companheiros de equipe é evidenciada pelos impressionantes 6 grandes chances criadas, estabelecendo-o como líder nesse aspecto em sua equipe.co


Ao observar suas estatísticas, é claro que Luiz Araújo é um jogador completo. Seu domínio técnico é evidente, especialmente quando se trata de cruzamentos, com um impressionante índice de acerto de 54%, liderando sua equipe nesse quesito. Essa precisão não apenas aumenta as chances de sua equipe marcar, mas também destaca sua capacidade de adaptar seu jogo às necessidades da equipe e explorar as fraquezas dos adversários.

Além de sua precisão técnica, Luiz Araújo também demonstra versatilidade e agilidade em campo. Seus 42 dribles certos até o momento, classificando-o como o segundo melhor em sua equipe, mostram sua capacidade de superar a defesa adversária e criar oportunidades de ataque. Sua habilidade de desequilibrar o jogo e romper linhas defensivas é um ativo valioso para qualquer equipe.


Embora suas estatísticas sejam impressionantes por si só, o verdadeiro impacto de Luiz Araújo vai além dos números. Sua presença em campo inspira seus companheiros de equipe e aumenta a confiança de toda a equipe. Sua determinação em lutar por cada bola e sua atitude positiva elevam o nível de todos ao seu redor. Ele não é apenas um jogador talentoso, mas também um líder silencioso que motiva os outros a darem o seu melhor.



Futebol

SAIU AGORA! VENEZUELANO APITA BOLIVAR X FLAMENGO EM LA PAZ, CONHEÇA A ARBITRAGEM PARA O JOGO

Arbitragem internacional no palco da Libertadores

Foto: Internet/ Cesar Greco
Foto: Internet/ Cesar Greco

  |

Icon Comentário0

O confronto entre Bolivar e Flamengo, válido pela fase de grupos da Copa Libertadores da América, terá um toque internacional em sua arbitragem. O venezuelano Alexis Herrera foi designado para comandar as ações em campo, acompanhado de seus compatriotas Tulio Moreno e Lubin Torrealba como assistentes. A tecnologia do VAR estará sob a responsabilidade de Silvio Trucco.

Com uma vasta experiência em jogos de alto nível, Herrera traz consigo um histórico de imparcialidade e rigor técnico em suas decisões. Sua atuação visa assegurar a equidade e a justiça esportiva durante os 90 minutos de partida. Ao assumir o apito principal, Herrera enfrenta o desafio de garantir o cumprimento das regras do jogo e a segurança dos jogadores em um ambiente de alta competição. Sua presença em La Paz, a mais de 3.600 metros acima do nível do mar, adiciona uma camada extra de complexidade devido às condições físicas desafiadoras que os atletas enfrentarão.


FLAMENGO VAI A ALTITUDE MAIS UMA VEZ 

Tulio Moreno e Lubin Torrealba, como assistentes, desempenham um papel crucial na observação de lances de difícil percepção para o árbitro principal. Sua comunicação constante com Herrera visa minimizar erros e garantir uma tomada de decisão precisa em momentos cruciais do jogo.

Enquanto isso, a presença do árbitro de vídeo, Silvio Trucco, adiciona uma camada adicional de revisão e análise às decisões em campo. O VAR tem sido uma ferramenta importante para garantir a justiça e a precisão nas decisões arbitrais, especialmente em competições de alto nível como a Copa Libertadores.


Para os torcedores do Bolivar e do Flamengo, a presença de uma equipe de arbitragem internacional traz uma mistura de expectativa e incerteza. A imparcialidade e a competência dos árbitros serão cruciais para garantir que o resultado final do jogo seja determinado unicamente pelo desempenho das equipes em campo.



envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

QUE MORAL! FLAMENGO DOMINA O CAMPEONATO BRASILEIRO DE 2024 COM TITE NO COMANDO

 

Icon Comentário0
Futebol

SAIU AGORA! VENEZUELANO APITA BOLIVAR X FLAMENGO EM LA PAZ, CONHEÇA A ARBITRAGEM PARA O JOGO

 

Icon Comentário0
Futebol

É PRA COMEMORAR! FLAMENGO RENOVA CONTRATO COM ADIDAS: UM ACORDO DE LONGO PRAZO

 

Icon Comentário0