Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

SABIA DESSA? 1º RIVAL DO FLAMENGO NA LIBERTADORES, MILLONARIOS JÁ FOI 'MELHOR TIME DO MUNDO'

Os dois times se encontram nesta terça-feira (02), às 19 (horário de Brasília), em Bogotá, pela fase de grupos da competição continental

Millonarios / Divulgação
Millonarios / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Muito já se falou sobre o lendário time do Millonarios – rival de estreia do Flamengo na CONMEBOL Libertadores nesta terça-feira (2), com – no final dos anos 1940 e início dos 1950. Era um esquadrão liderado pelo craque Alfredo Di Stéfano e recheado de jogadores provenientes do River Plate em uma manobra que desprezou as regras de transferências da época. 

O chamado "Ballet Azul" chegou a ser apontado como a melhor equipe do mundo e deu ao clube o codinome de "Embaixador", por representar o futebol colombiano na Europa. Mas a realidade do momento é outra.

O Millonarios é há mais de uma década um clube empresa, o que chamamos no Brasil de SAF. E a lei que possibilitou a transformação dos clubes associativos em S/A chegou mais cedo à Colômbia, mais precisamente em 2011. Naquela época, o advogado Gustavo Serpa, que morava em Nova York, nos Estados Unidos, foi convencido por amigos de que valeria investir no clube do seu coração e dono da segunda maior torcida do país.

Então, ele e mais 20 sócios compraram a dívida junto a uma associação de credores e resgataram o Millonarios de uma situação desesperadora. Em 2015, Serpa ganhou um parceiro para seu negócio. O fundo de investimento Âmber, do empresário francês Joseph Oughorlian, adquiriu 80% das ações e passou a controlar o clube, mas manteve Serpa como gestor.


O advogado virou executivo do grupo e hoje acumula também a administração do grupo de comunicação Caracol, um dos mais importantes da Colômbia, também comprado por Oughorlian. O Millos passou, então, a fazer parte de um conglomerado internacional de clubes, pois o Âmber também controla o Lens, da França, o Zaragoza, da Espanha, e o Padova, da Itália. Além de ter uma participação no Inter Miami (EUA). 


No Colombiano atual, o time faz um campeonato irregular. Vinha de sete jogos sem vencer, mas ganhou moral com a virada sobre o rival local Santa Fé semana passada por 3 a 1; e com o triunfo do time misto sobre o Fortaleza no último sábado (30). Resultados que devolveram a esperança de uma classificação para a fase final do torneio nacional.


Futebol

CONTA A NOVIDADE! ELENCO DO FLAMENGO É RECEBIDO COM FESTA NA CHEGADA EM SÃO PAULO

Flamengo encara o Palmeiras neste domingo (21), às 16h (horário de Brasília)

Gilvan de Sousa/CRF
Gilvan de Sousa/CRF

  |

Icon Comentário0

De olho na terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o elenco do Flamengo chegou ao hotel em São Paulo no início da noite deste sábado (20). O time rubro-negro encara o Palmeiras neste domingo (21), no Allianz Parque, pelo torneio nacional.

O Flamengo desembarcou e, como de costume, contou com a presença da torcida rubro-negra em mais uma cidade. O elenco passou pelos torcedores, que recepcionaram o grupo na entrada do hotel. Pedro e David Luiz pararam para falar e dar autógrafos aos adeptos.


SITUAÇÃO DO FLAMENGO

A terceira rodada do Campeonato Brasileiro começou e o Flamengo está na liderança da competição, com seis pontos conquistados. O Internacional detém a mesma pontuação, mas o time rubro-negro é o primeiro colocado devido ao critério de desempate, que são os gols marcados.

Desse modo, o Flamengo voltou a liderar o Campeonato Brasileiro após 115 rodadas. A última vez tinha sido na 37ª rodada do torneio disputado em 2020, quando o Mengo foi campeão. Por fim, a equipe comandada pelo técnico Tite continua invicta em 2024, sendo a única entre os clubes da primeira divisão do futebol nacional.


O JOGO

O Flamengo segue focado no Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro encara o Palmeiras neste domingo (21), às 16h (horário de Brasília), no Allianz Parque, em São Paulo. 


Futebol

LICITAÇÃO DO MARACANÃ É RECORRIDA POR GESTORA DO MANÉ GARRINCHA, EM BRASÍLIA

Consórcio RNGD, da Arena 360, entrou com recurso para seguir na disputa pelo estádio

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

A novela Maracanã ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira (19). O Consórcio RNGD, da Arena 360, gestora do Mané Garrincha, entrou com recurso para seguir na disputa pelo estádio do Rio de Janeiro. O grupo alega que falta clareza ao edital elaborado pelo Governo do Estado e questiona perda de pontos no processo por conta das datas oferecidas

O Consórcio RNGD foi desclassificado por não alcançar o número mínimo de jogos previsto no edital da licitação. No entanto, a Arena 360 contesta a decisão, afirmando que as datas pertencem às Confederações, como a CBF, e não aos clubes. A empresa ressalta também que o instrumento convocatório não especifica como cada um dos concorrentes deve comprovar o número de jogos propostos e que irá cumprir o requisito de 70 partidas.


Confira, na íntegra, a nota oficial da Arena 360 sobre a licitação do Maracanã:

O consórcio RNGD, da Arena 360, entrou com recurso para seguir na disputa pelo Maracanã. O grupo alega que falta clareza ao edital elaborado pelo Governo do Estado e questiona de forma veemente a perda de pontos por conta das datas oferecidas.

Segundo a diretoria da Arena 360, as datas pertencem às Confederações, como a CBF, e não aos clubes, e ressalta que o instrumento convocatório não especifica como cada um dos concorrentes deve comprovar o número de jogos propostos. A Arena destacou em sua proposta o compromisso da realização de, no mínimo, 70 jogos.


A concorrente ressalta que o próprio edital cita a vocação do Estádio do Maracanã como o Templo Mundial do Futebol, e que a concessionária deve realizar esforços para realizar o maior número possível de jogos de futebol por ano. Além disso, afirma que, durante toda a análise das propostas, a Comissão de Licitação conduziu o trabalho sem manter contato com o consórcio, deixando de fazer diligências para esclarecimentos.

Além da Arena 360, consórcio Maracanã para Todos, formado por Vasco e WTorre, também recorreu. Apesar de ter sido habilitado à próxima fase da licitação, o concorrente alega que o processo beneficiou a dupla Flamengo e Fluminense, atual gestora do estádio e favorita para ganhar a disputa, já que a pontuação dos rivais foi muito superior às outras.


Futebol

COMO ASSIM? FLAMENGO NÃO TEM JOGADORES ENTRE OS 10 MAIS BEM PAGOS DAS AMÉRICAS

Dono de maior faturamento do continente, o Mais Querido surpreendentemente não possui atletas com os maiores salários

Gabigol / Divulgação
Gabigol / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Dono de maior faturamento e um dos melhores elencos da América, o Flamengo surpreendente não tem atletas entre os 10 mais bem pagos do continente. A lista conta com domínio majoritário de times da Major League Soccer (MLS), liga dos Estados Unidos, e chama atenção por presença de atletas de Palmeiras e Internacional à frente do Rubro-Negro.

De acordo com levantamento do site Copology, especializado em finanças do futebol, e do UOL, times da MLS pagam seis dos 10 maiores salários das Américas. Dos quatro jogadores restantes, dois são da Liga MX (MEX) e dois do Brasileirão.

Dudu, do Palmeiras, recebe 5,4 milhões de dólares (R$ 27,3 milhões) por ano e é o maior salário fora dos Estados Unidos. Já o argentino Rafael Borré, do Internacional, fecha o Top-10 com US$ 4,6 milhões (R$ 23,3 milhões) por ano. Ambos tem salários maiores que todos os atletas do Fla, que possui a maior folha salarial do país por pagar padrão alto para muitos jogadores, mas ainda com certa distância para os vencimentos dos rivais.


O jogador mais bem pago do continente naturalmente é Lionel Messi, que recebe 20,4 milhões de dólares por temporada (R$ 111,3 milhões). O valor, vale ressaltar, é bem abaixo do que o craque recebia quando estava no Barcelona (ESP) ou no Paris Saint Germain (FRA), mas ainda é um recorde para o continente americano. O único atleta que ultrapassa a casa dos 10 milhões de dólares anuais (R$ 50,8 milhões) é o italiano Lorenzo Insigne, do Toronto FC (CAN).

Veja a lista de maiores salários das Américas, em reais (R$):

1. Lionel Messi (Inter Miami) – R$ 8,6 milhões/mês


2. Insigne (Toronto) – R$ 6,5 milhões/mês

3. Shaqiri (Chicago Fire) – R$ 3,4 milhões/mês


4. Bernardeschi (Toronto) – R$ 2,7 milhões/mês

5. Driussi (Austin) – R$ 2,5 milhões/mês

6. Dudu (Palmeiras) – R$ 2,3 milhões/mês*

7. Héctor Herrera (Houston Dynamo) – R$ 2,2 milhões/mês

8. Sergio Canales (Monterrey) – R$ 2,1 milhões/mês

9. Gignac (Tigres)-R$ 1,9 milhão/mês

10. Borré (Internacional) – R$ 1,9 milhão/mês



envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

TITE DEVE "INOVAR" E MANDA DOIS TITULARES IMPORTANTES PARA O BANCO CONTRA O PALMEIRAS

 

Icon Comentário0
Futebol

JOGDOR DO AL HILAL ESPECULADO PELO FLAMENGO PODE DEFINIR LOGO SEU DESTINO

 

Icon Comentário0
Futebol

GANHANDO ESPAÇO! BRUNO HENRIQUE SERÁ TITULAR PELO TERCEIRO JOGO SEGUIDO COM TITE

 

Icon Comentário0