Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Clube

SUBSECRETÁRIO DE CLÁUDIO CASTRO QUER "TRAVAR" ESTÁDIO DO FLAMENGO COM AÇÃO JUDICIAL

O político destaca uma ilegalidade no procedimento adotado por Eduardo Paes na desapropriação do terreno

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O prefeito do Rio de Janeiro desapropriou o terreno do Gasômetro para viabilizar a compra por parte do Flamengo. No entanto, o subsecretário do governador Cláudio Castro, Victor Travancas, quer atrapalhar o sonho da casa própria do Mais Querido, pois alega ilegalidade do procedimento adotado pelo prefeito.

Victor deseja travas a construção do estádio do Mais Querido pedindo a anulação do Decreto de Eduardo Paes. O objetivo do subsecretário é de impugnar a decisão de desapropriação do terreno do Gasômetro.

PEDIDO DE VICTOR TRAVANCAS

De acordo com informações do portal Mundo Rubro-Negro, Victor enviou uma mensagem aos seus colegas pedindo apoio e disse que cansou de esperar uma posição do MP-RJ, além de dizer que irá se "sacrificar" pessoalmente.

“Caros amigos, aguardei uma semana para que qualquer advogado, ou o Ministério Público, questionasse no Judiciário o ilegal procedimento do Município do Rio de Janeiro para construção do estádio do Flamengo. Como ninguém teve a coragem, mais uma vez, este humilde advogado, seguindo os passos do Mestre Sobral Pinto, vai se sacrificar pessoalmente e entrar hoje na justiça para anular o Decreto do Prefeito Eduardo Paes. Conto com o apoio de todos na luta por Moralidade”.


No entanto, o subsecretário não deixou claro o motivo de seu descontentamento e nem apontou qual a ilegalidade. Ele garante que a desapropriação não é correta, contrariando Cláudio Castro, que se posicionou a favor.

POSIÇÃO DO FLAMENGO

Apesar do descontentamento de Victor, o Flamengo ainda não se pronunciou sobre o caso, assim como a prefeitura do Rio de Janeiro. É possível que o leilão pelo terreno do Gasômetro aconteça nos próximos meses.



Clube

ATENÇÃO! FLAMENGO CONTRATA NOVO REFORÇO DIRETAMENTE DO BRAGANTINO

Flamengo fecha contratação vinda do Bragantino

Ninho do Urubu / Divulgação
Ninho do Urubu / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Os clubes brasileiros aproveitam o aquecimento do mercado da bola para também realizar ajustes em suas respectivas equipes. O Flamengo recentemente acertou uma contratação vinda diretamente do Red Bull Bragantino.

A equipe da Gávea deu as boas-vindas para Théo Benjamin. O profissional chega para assumir o cargo de gerente de dados do Flamengo.

Théo Benjamin atuará comandando a análise de dados e auxiliando o desempenho do elenco rubro-negro. O profissional ficará responsável por criar e avaliar os mecanismos de coleta de dados dos atletas, incluindo quilometragem, sprints, velocidade de drible, entre outros.
“A partir dessa semana iniciei um novo ciclo nesse caminho do futebol: agora como gerente de dados do Flamengo.


Théo Benjamin escreveu um livro intitulado “Outro Patamar”, onde analisa o desempenho do Flamengo na temporada excepcional de 2019. O profissional atuou no Bragantino por quase três anos, desenvolvendo trabalho no departamento de dados do clube paulista.


Com novidade no departamento de futebol, o Flamengo entra em campo nesta quinta-feira (11), para enfrentar o Fortaleza, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo acontece às 20h (horário de Brasília), no Maracanã.



Clube

ESTÁDIO DO FLAMENGO: PREFEITURA DO RIO PUBLICA EDITAL PARA LEILÃO E VALOR DO TERRENO DO GASÔMETRO

O edital foi publicado no Diário Oficial na manhã desta terça-feira (9)

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

Parece que a atual diretoria do Flamengo conseguirá agilizar a compra do terreno do Gasômetro para a construção do estádio ainda neste ano. Isso porque, nesta terça-feira (9), a Prefeitura do Rio de Janeiro publicou no Diário Oficial o valor mínimo para leilão do local. 

De acordo com o órgão municipal, poderá participar da disputa os lances a partir de R$138,1 milhões. Além disso, o documento confirma a desapropriação de área de 86,5 mil m², que pertence a um fundo de investimentos gerido pela Caixa Econômica Federal.

O Diário Oficial também ressalva que o local deverá ter uma estádio com capacidade mínima de 70 mil lugares. Porém, essa determinação não será problema, já que o Flamengo planeja construir uma arena para 80 mil torcedores, segundo Rodolfo Landim.

DIRETRIZES DO EDITAL:- Plano de mobilidade urbana que privilegie o uso do transporte coletivo e acesso por pedestres nas imediações. O projeto deverá considerar obrigatoriamente o acesso de veículos de transporte individual de passageiros pelas vias internas do bairro de São Cristóvão. O acesso pela Avenida Francisco Bicalho, umas das principais vias da cidade, será proibido;– Instalação, preferencialmente, de sistemas de captação e reuso de água da chuva para irrigação de gramados e uso em banheiros. Deverão ser usados dispositivos de baixo consumo de água em banheiros e vestiários;– “Zonas de experiências”, com áreas temáticas ao redor do estádio, como museus interativos e zonas de jogos;– Calçadas largas e acessíveis, além de ciclovias que conectem o estádio a áreas residenciais e comerciais próximas;– Projeto de estacionamento suficiente, preferencialmente subterrâneo ou em edifício-garagem;– Implementação de “sistema robusto de coleta seletiva e reciclagem de resíduos”, assim como áreas de docas para coleta de lixo; Incorporação de painéis solares e outras fontes de energia renovável, além de estratégias que incluam compensação de carbono;– Deverá ser usada iluminação LED de alta eficiência e sistemas de controle automatizado para reduzir o consumo energético;– Integração da vegetação ao projeto, como jardins verticais e, preferencialmente, telhados verdes, para melhorar a qualidade do ar e reduzir a temperatura ambiente;Plano de Alcance Social que abranja impactos para as populações e comunidades do entorno, privilegiando a contratação de mão de obra local, projetos de qualificação profissional e educação esportiva e cultural;– Integração com o entorno, o que inclui lojas, museu, restaurantes, bares e serviços.
FLAMENGO TERÁ CONCORRENTES?

Muitos torcedores estão com a preocupação com o termo "leilão", já que há a possibilidade de ter concorrência. Porém, internamente, o Mais Querido sabe que os outros três principais clubes da cidade não entrarão na disputa, por falta de condições financeiras e pelo fato do edital ser incisivo que o terreno é para a construção de um estádio.

PRÓXIMOS PASSOS

O Mais Querido aguarda agora votação na Câmara dos Vereadores para aprovação do projeto de lei para uso do potencial construtivo por parte do clube, O Rubro-Negro tem a favor Marcos Braz, vereador e vice-presidente de futebol, que também está na Frente Parlamentar sobre o tema. Desse modo, o Flamengo utilizará a sede da Gávea para baratear os custos da construção do estádio.



Futebol

AINDA BEM! SUBSECRETÁRIO DE CLÁUDIO CASTRO DESISTIU DE AÇÃO CONTRA O NOVO ESTÁDIO DO FLAMENGO

Após gerar reação do prefeito Eduardo Paes, o advogado Victor Travancas se reuniu com a OAB-RJ e e decidiu voltar atrás em processo

Eduardo Paes / Divulgação
Eduardo Paes / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Victor Travancas, subsecretário do gabinete do governador Cláudio Castro (PL), desistiu de entrar com uma ação judicial para impedir a desapropriação do terreno do Gasômetro, onde o Flamengo pretende construir seu estádio. A decisão veio após a informação ser divulgada pelo site Mundo Rubro-Negro e gerar reação pública do prefeito Eduardo Paes (PSD), que havia autorizado o processo através de um decreto municipal. Em resposta à repercussão, Travancas se reuniu com membros da OAB-RJ e decidiu rever sua posição.

O caso veio à tona na segunda-feira, quando Travancas, alegando ilegalidades no decreto de Paes, pediu sua anulação. Ele havia escrito uma carta dirigida a outros advogados e membros do Ministério Público, mas sem apontar as irregularidades específicas. Ao tomar conhecimento do pedido, o prefeito Eduardo Paes se manifestou através das redes sociais, criticando a ação do subsecretário.



"Duvido que o governador, rubro-negro até o último fio de cabelo, Cláudio Castro, concorde com isso. Tenho certeza de que, em caso de não retratação, esse rapaz será exonerado", declarou Paes. A manifestação pública do prefeito adicionou pressão ao caso, levando Travancas a reconsiderar sua posição inicial sobre a questão.



Após a repercussão negativa, Travancas desistiu da ação que estava elaborando. A desistência foi formalizada em uma nota conjunta dele com a OAB-RJ, à qual o site Mundo Rubro-Negro teve acesso. O presidente da OAB-RJ, Luciano Bandeira, e o secretário-geral, Marcos Luiz, apresentaram ao subsecretário detalhes e benefícios do projeto de construção do estádio para a Zona Portuária da cidade.


"Após o encontro, o advogado comprometeu-se a não judicializar a questão, o que atrasaria a revitalização da área e o consequente incremento econômico. [...] A OAB/RJ está sempre comprometida em contribuir com ações que tragam desenvolvimento para o estado do Rio de Janeiro e levem melhorias para a vida da população, pautas também defendidas pelo projeto de construção do novo estádio do Clube de Regatas do Flamengo", afirmou a nota.


Travancas não foi exonerado. A desapropriação do terreno do Gasômetro é apoiada pelo próprio governador, que é torcedor do Flamengo. Em um vídeo nas redes sociais, o advogado explicou sua mudança de decisão, mencionando a apresentação do projeto e seus benefícios pela OAB-RJ como fatores decisivos.


"Me chamaram para conversar sobre o processo que eu estava estudando, sobre esse decreto do prefeito Eduardo Paes. Eles me apresentaram o projeto do estádio, que a OAB está apoiando, uma vez que, segundo eles, traria grandes benefícios para aquela região, há muito tempo abandonada", explicou Travancas. Ele também destacou o compromisso do Flamengo com projetos sociais na área, justificando assim sua desistência de judicializar a questão.


"Diante desse aconselhamento, eu me comprometi, junto à OAB, de não realizar processos contra esse estádio, justamente para não vir a atrapalhar esses projetos sociais, ou retardar o início desse grande projeto que o Flamengo estaria realizando", concluiu Travancas.


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Clube

MISSÃO PARIS! RAFAELA SILVA (JUDÔ)

 

Icon Comentário0
Clube

EX-PRESIDENTE DO FLAMENGO DECLARA APOIO A MAURÍCIO GOMES DE MATTOS EM ELEIÇÕES DO CLUBE

 

Icon Comentário0
Clube

DELEGAÇÃO DO BRASIL EMBARCAM PARA DISPUTA DAS OLÍMPIADAS COM 5 GINASTAS DO FLAMENGO

 

Icon Comentário0