Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

ASSOCIAÇÃO DOS ÁRBITROS ENVIA À CBF PEDIDO DE DEMISSÃO DA COMISSÃO DE ARBITRAGEM DO BRASILEIRÃO

A ANAF questiona a falta de critério e transparência da CBF

Foto: Reprodução/ Flamengo
Foto: Reprodução/ Flamengo

  |

Icon Comentário0

O Brasileirão 2024 começou com diversas polêmicas da arbitragem e segue sendo marcado por diversos erros dos árbitros, inclusive contra o Flamengo. Desse modo, a CBF recebeu nesta última sexta-feira (10) um pedido da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) de demissão de Wilson Seneme e troca da comissão de arbitragem da entidade.

Segundo o documento da ANAF, o Campeonato Brasileiro passa pelo pior momento em termos de arbitragem. Além disso, a entidade foi questionada sobre a falta de critério e transparência nas declarações dos árbitros em campo, prejudicando o andamento do torneio.

CONFIRA O COMUNICADO OFICIAL:

"Diante dos últimos acontecimentos envolvendo a arbitragem brasileira, que chegou ao CTI sem sinais de melhora, a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol – ANAF, vai enviar hoje, à CBF, um ofício pedindo a imediata demissão de Wilson Seneme e toda a sua comissão.


Há um senso comum no Brasil de que a arbitragem brasileira atravessa o pior momento de sua história e a saída do atual diretor de arbitragem da CBF pode ser o caminho para que os árbitros voltem apitar sem medo e com qualidade no campo de jogo.


Recebo todos os dias ligações de profissionais de arbitragem de todo país insatisfeitos com a atual gestão. Não há projeto e transparência. Falta também critério nas escalas e respeito por muitos profissionais, inclusive pelas mulheres que na gestão “Seneme” praticamente sumiram da Série A do Campeonato Brasileiro.

A cada rodada, a arbitragem erra e não há, por parte da comissão, alguém que estimule a aproximação de critérios, tampouco realize treinamentos contínuos para melhorar o nível apresentado nessa temporada.


Em face desse show de horrores, iremos pedir que o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, exonere, imediatamente, o presidente da comissão de arbitragem e todos os membros de sua pasta e contrate alguém que pelo menos o mínimo consiga fazer, já que assim como ocorreu enquanto era diretor de árbitros da Conmebol, Wilson Seneme fracassou e precisa deixar o cargo antes que o estrago institucional seja ainda pior.”

ERROS CONTRA O FLAMENGO

Desde o início da atual edição do Brasileirão o Flamengo tem sido constantemente prejudicado pela arbitragem. Isso porque, o Mais Querido foi prejudicado nos jogos contra o Botafogo e Bragantino. No clássico, o Rubro-Negro reclamou de uma falta em Fabrício Bruno, originando gol adversário.

Contra a equipe de Bragança Paulista tiveram dois erros. O primeiro foi a anulação do cartão vermelho em  Luan Cândido após fazer uma dura falta em De La Cruz e o segundo foi o empurrão que Luiz Araújo levou na entrada da área e o VAR não chamou.



Futebol

DIRIGENTE DO FLAMENGO ABRE O JOGO SOBRE O ANÚNCIO DE DESAPROPRIAÇÃO DO TERRENO DO GASÔMETRO

Mengão pretende construir estádio próprio no local desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

O torcedor do Flamengo teve duas razões para celebrar neste domingo (23). Além da vitória contra o Fluminense por 1 a 0, o clube recebeu a notícia de que o terreno do Gasômetro será desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro. No local, o Rubro-Negro pretende construir seu próprio estádio. Cacau Cotta, diretor de relações externas do Flamengo, detalhou os próximos passos para a construção da arena.

Cacau Cotta explicou que a desapropriação do terreno agora coloca a propriedade sob a responsabilidade da prefeitura, e que o clube tem os recursos necessários para adquirir parte do terreno: "O terreno agora pertence à prefeitura. Não há disputa judicial (...) O que poderá surgir no futuro é uma negociação sobre os valores...".




DETALHES DA NEGOCIAÇÃO

— "As pessoas às vezes se confundem, pois o decreto do prefeito trata-se de um decreto que transfere a propriedade do terreno para a prefeitura. Uma desapropriação não implica em disputa judicial. O que pode surgir no futuro é uma negociação de valores. Em breve, em 20, 30 dias, haverá um leilão, o Flamengo possui os recursos necessários, irá pagar pelo terreno o valor justo, assim como a prefeitura pagou pelo Terminal Gentileza. O Flamengo irá efetuar o pagamento, portanto fiquem tranquilos, não há qualquer disputa judicial. O que pode ocorrer é apenas uma discussão sobre os valores do terreno", afirmou Cacau Cotta.



MOMENTO HISTÓRICO PARA O CLUBE

Cacau Cotta também celebrou o momento histórico para o Flamengo: "Vamos celebrar, pois hoje é um dia de celebração com essa bela vitória. Um jogo difícil contra o Fluminense, sempre é um jogo complicado e (o estádio) representa um marco na história do Flamengo. Esperamos 130 anos por esse momento, não é mesmo? Para finalmente termos um terreno para construir o nosso próprio estádio. Agora é a vez do presidente Landim explicar, eu dei os detalhes para vocês, do prefeito explicar, do (deputado) Pedro Paulo, que está ao nosso lado nessa luta. Isso que sempre digo, é a bancada rubro-negra trabalhando em prol do Flamengo."


ANÚNCIO OFICIAL DA DESAPROPRIAÇÃO

Na manhã deste domingo (23), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e o deputado Pedro Paulo gravaram um vídeo anunciando a desapropriação do terreno do Gasômetro. O espaço pertence a um fundo de investimentos da Caixa Econômica Federal. Flamengo e município tentaram negociar com o banco, porém não obtiveram resposta, levando a Prefeitura a determinar a desapropriação.



Futebol

TITE ENALTECE VITÓRIA DO FLAMENGO SOBRE O FLUMINENSE: "MERECEMOS VENCER"

Pedro, de pênalti, manteve o Mengão na liderança

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

  |

Icon Comentário0

Em clássico válido pela 11ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu o Fluminense por 1 a 0 na tarde deste domingo (23), no Maracanã. O gol que garantiu a vitória foi marcado por Pedro, de pênalti, mantendo o Mengão na liderança isolada da competição com 24 pontos.

A partida foi marcada por um lance polêmico aos 40 minutos do segundo tempo. Bruno Henrique foi derrubado na área por Calegari, resultando em um pênalti que Pedro converteu, chutando no meio do gol e garantindo a vitória rubro-negra. A decisão gerou muitas reclamações por parte do Fluminense, que considerou a marcação incorreta.




TITE ELOGIA ATUAÇÃO DO FLAMENGO

Após o jogo, o técnico Tite elogiou a performance da equipe, destacando a superioridade e a justiça do resultado. “São duas grandes equipes. É uma das melhores campanhas da Libertadores. Tenho grande gratidão pelo Paulo Angioni (diretor de futebol do Fluminense). Não somos inimigos. Há um respeito pelo nosso trabalho. Merecemos vencer. Retomávamos rapidamente a bola nos externos para deixar a equipe compactada. Foi gratificante. Fizemos por merecer independentemente do momento que fizemos o gol", afirmou Tite.



SUPERIORIDADE RUBRO-NEGRA E DESFALQUES

Mesmo com problemas físicos e desfalques devido à Copa América, o Flamengo mostrou-se superior ao Fluminense. Embora tenha tido menos posse de bola, o Rubro-Negro foi mais perigoso, forçando o adversário a cometer erros e criando oportunidades claras. A falta de pontaria quase complicou a situação, mas o pênalti sofrido por Bruno Henrique foi decisivo.


SITUAÇÃO NO BRASILEIRÃO

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 24 pontos e garantiu a liderança da Série A por mais uma rodada. Já o Fluminense, que teve apenas uma finalização no clássico e nenhuma no gol defendido por Rossi, permanece na lanterna da competição.




Futebol

ATENÇÃO, FLAMENGO! ASSOCIAÇÃO DE ÁRBITROS QUER PARAR O CAMPEONATO BRASILEIRO APÓS ACUSAÇÕES DE JOHN TEXTOR

A ANAF afirmou que há árbitros insatisfeitos e dispostos a protestar nas próximas rodadas do Brasileirão

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

A Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (ANAF) deseja paralisar o Campeonato Brasileiro. Segundo a entidade, a competição "está em xeque" após as acusações de John Textor, dono da SAF do Botafogo, sobre manipulação de resultados.O que aconteceu?

A ANAF afirmou que há árbitros insatisfeitos e dispostos a protestar nas próximas rodadas do Brasileirão. A entidade emitiu uma nota assinada pelo presidente Salmo Valentim.


Ela criticou também o presidente da CBF Ednaldo Rodrigues e o presidente da comissão de arbitragem Wilson Seneme. A organização acusa Ednaldo de não pagar os salários da arbitragem feminina e vê Seneme " despreparado para estar no cargo que assumiu sem nenhum projeto".


"Pelo bem do futebol, o Brasileirão precisa ser paralisado! E uma boa parcela de árbitros está disposta a dar esse grito de liberdade por não aguentarem mais tamanha indiferença e pouco caso por parte do presidente da CBF que em respeito ao futebol deveria ter vergonha na cara e renunciar", diz trecho da nota da ANAF.

A manifestação da ANAF acontece no dia seguinte ao depoimento de John Textor na CPI da Manipulação de Jogos. O dirigente também apresentou os relatórios da Good Game que, segundo ele, embasam as acusações de manipulação nas partidas do Brasileirão.

Veja, na íntegra, a nota da ANAF


"Os árbitros precisam se unir e paralisar o Campeonato Brasileiro; competição está em xeque após acusações de Textor que colocam o VAR sob suspeição

Não há outro caminho: é preciso parar o Brasileirão 2024 antes que façam o VAR virar caso de polícia. Tenho recebido inúmeros telefonemas de árbitros insatisfeitos e já há um volumoso grupo que deseja, em protesto ao que está ocorrendo, interromper o campeonato brasileiro já nas próximas rodadas.

Tudo isso ocorre graças a um show de horrores onde o protagonista principal é o ex-afastado presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, que anda mais preocupado com o seu volumoso salário na entidade, do que, por exemplo, em pagar as árbitras que estão trabalhando de graça para a CBF. Desde o ano passado, a arbitragem feminina atua sem receber em diversos torneios femininos nacionais. Isso mostra bem o retrocesso que sua gestão causa ao futebol e à arbitragem brasileira.

Eu já disse algumas vezes que Wilson Seneme é despreparado para estar no cargo que assumiu sem nenhum projeto. Aliás, qual a formação acadêmica dele?

Não precisa ser especialista no assunto para atestar que o ex-diretor de árbitros da Conmebol, demitido após pressão de alguns países, por bom senso, diante de tudo o que estamos vendo e vivendo, no mínimo deveria ser afastado. Ele não tem comando e fez a arbitragem brasileira chegar ao fundo do poço, sendo exposta no Senado Federal por um dirigente inconsequente que mesmo sem provas, insiste em dizer que o Brasil possui árbitros que manipulam resultados. Isso pōe não só o VAR sob suspeição, como pode gerar sérios prejuízos à imagem da arbitragem.

Pelo bem do futebol, o Brasileirão precisa ser paralisado! E uma boa parcela de árbitros está disposta a dar esse grito de liberdade por não aguentarem mais tamanha indiferença e pouco caso por parte do presidente da CBF que em respeito ao futebol deveria ter vergonha na cara e renunciar!"

Salmo Valentim

Presidente da ANAF


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

PIADA? PARA O DINIZ A ARBITRAGEM 'DECIDIU' O JOGO PARA O FLAMENGO - CONFIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

DIRIGENTE DO FLAMENGO SOBE O TOM E VOLTA A CRITICAR A CBF: "NÃO TEM VERGONHA NA CARA"

 

Icon Comentário0
Futebol

TITE MANTÉM CRÍTICAS A DIRETOR DA CBF E REAFIRMA QUE NÃO FALTOU COM RESPEITO A NINGUÉM

 

Icon Comentário0