Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

SAIU AGORA! FLAMENGO TEM POSICIONAMENTO E PARALISAÇÃO PODE ACONTECER NO BRASILEIRÃO

O pedido dos clubes da Liga Forte União é de paralisação do Campeonato Brasileiro por duas rodadas

Foto: Internet
Foto: Internet

  |

Icon Comentário0

Em uma demonstração de solidariedade e preocupação com as adversidades enfrentadas pelo estado do Rio Grande do Sul devido às intensas chuvas e alagamentos, os clubes da Liga Forte União na Série A se uniram para solicitar a paralisação do Campeonato Brasileiro. A medida, apoiada por Athletico, Atlético-GO, Botafogo, Criciúma, Cruzeiro, Cuiabá, Fluminense, Fortaleza, Internacional, Juventude e Vasco, visa não apenas resguardar a integridade dos jogadores e torcedores, mas também demonstrar empatia e apoio às comunidades afetadas.

O pedido dos clubes da Liga Forte União é claro e direto: a paralisação do Campeonato Brasileiro por duas rodadas, com o retorno das atividades previsto para o dia 1º de junho. Essa pausa se faz necessária não apenas pelo impacto direto das chuvas nos estádios e nas condições de jogo, mas também pela prioridade em concentrar esforços na assistência às áreas atingidas e na reconstrução das regiões afetadas.


FLAMENGO SE POSICIONA EM PROL DA CONTINUAÇÃO DO CAMPEONATO 

A iniciativa conjunta desses clubes ressalta a importância do esporte não apenas como entretenimento, mas também como agente de mobilização social e solidariedade. Ao unir forças em prol da paralisação do campeonato, essas equipes mostram seu compromisso com valores que vão além das quatro linhas, demonstrando sensibilidade diante das adversidades enfrentadas por milhares de pessoas.

O estado do Rio Grande do Sul, historicamente conhecido por sua paixão pelo futebol, tem sido duramente afetado pelas chuvas torrenciais que assolam a região. Os alagamentos e deslizamentos de terra têm causado prejuízos materiais e humanos, deixando comunidades inteiras desabrigadas e causando transtornos generalizados. Diante desse cenário, a solidariedade e o apoio mútuo se tornam essenciais para a recuperação e reconstrução dessas áreas afetadas.


A decisão dos clubes da Liga Forte União reflete uma postura responsável e comprometida com o bem-estar coletivo. Ao priorizarem a paralisação do Campeonato Brasileiro, essas equipes demonstram sua compreensão da gravidade da situação e sua disposição em contribuir para minimizar os impactos das chuvas no estado gaúcho.



Futebol

AGORA VAI! FLAMENGO TEM CONVERSAS ADIANTADAS PELO TERRENO DO GASÔMETRO - SAIBA OS DETALHES

A construção do estádio no Gasômetro não é apenas um marco para o Flamengo é para uma torcida inteira

Foto: Internet
Foto: Internet

  |

Icon Comentário0

A negociação entre o Flamengo e a Caixa Econômica Federal para a construção de um novo estádio no Gasômetro, na zona portuária do Rio de Janeiro, deu passos significativos nos últimos dias. O avanço ocorreu após uma reunião entre os presidentes das duas instituições, Carlos Vieira da Caixa e Rodolfo Landim do Flamengo, realizada na sede do banco em Brasília.

O projeto de construção do estádio é um marco importante para o Flamengo, que busca um espaço próprio para sediar suas partidas e atividades, consolidando-se ainda mais como uma das maiores forças do futebol brasileiro. Atualmente, o clube manda seus jogos principalmente no Maracanã, estádio icônico, mas que não pertence ao clube. Ter um estádio próprio é um desejo antigo da diretoria e da torcida, prometendo maior autonomia e potencial de receitas.


O TERRENO E SEU IMPASSE 

O principal entrave nas negociações é o valor do terreno de 87 mil metros quadrados, pertencente a um fundo de investimentos gerido pela Caixa. Esse terreno, localizado no Gasômetro, é uma área estratégica na zona portuária da cidade, o que aumenta seu valor de mercado e, consequentemente, o desafio financeiro para o Flamengo.

Durante a reunião, os presidentes Vieira e Landim começaram a destravar esse nó, discutindo possíveis alternativas e concessões que possam viabilizar o acordo. O preço do terreno é um ponto chave nas negociações, pois determinará a viabilidade econômica do projeto e os termos do financiamento.




Futebol

AGORA VAI! FLAMENGO TEM CONVERSAS ADIANTADAS PELO TERRENO DO GASÔMETRO - SAIBA OS DETALHES

A construção do estádio no Gasômetro não é apenas um marco para o Flamengo é para uma torcida inteira

Foto: Internet
Foto: Internet

  |

Icon Comentário0

A negociação entre o Flamengo e a Caixa Econômica Federal para a construção de um novo estádio no Gasômetro, na zona portuária do Rio de Janeiro, deu passos significativos nos últimos dias. O avanço ocorreu após uma reunião entre os presidentes das duas instituições, Carlos Vieira da Caixa e Rodolfo Landim do Flamengo, realizada na sede do banco em Brasília.

O projeto de construção do estádio é um marco importante para o Flamengo, que busca um espaço próprio para sediar suas partidas e atividades, consolidando-se ainda mais como uma das maiores forças do futebol brasileiro. Atualmente, o clube manda seus jogos principalmente no Maracanã, estádio icônico, mas que não pertence ao clube. Ter um estádio próprio é um desejo antigo da diretoria e da torcida, prometendo maior autonomia e potencial de receitas.


O TERRENO E SEU IMPASSE 

O principal entrave nas negociações é o valor do terreno de 87 mil metros quadrados, pertencente a um fundo de investimentos gerido pela Caixa. Esse terreno, localizado no Gasômetro, é uma área estratégica na zona portuária da cidade, o que aumenta seu valor de mercado e, consequentemente, o desafio financeiro para o Flamengo.

Durante a reunião, os presidentes Vieira e Landim começaram a destravar esse nó, discutindo possíveis alternativas e concessões que possam viabilizar o acordo. O preço do terreno é um ponto chave nas negociações, pois determinará a viabilidade econômica do projeto e os termos do financiamento.




Futebol

OLHA SÓ, FLAMENGO! CONFIRA OS CLUBES BRASILEIROS MAIS CITADOS COMO SEGUNDO TIME DO CORAÇÃO

Flamengo, Palmeiras, Corinthians e São Paulo lideram a lista na pesquisa O Maior Raio-X do Torcedor

Torcida Rubro-negra / Divulgação
Torcida Rubro-negra / Divulgação

  |

Icon Comentário0

Maior torcida do Brasil, o Flamengo também se destaca em outro quesito: os rubro-negros são citados como segundo time do coração por um número considerável de pessoas, aumentando ainda mais a força flamenguista no país. Na pesquisa O Maior Raio-X do Torcedor, feita em parceria por Quaest, CNN e Itatiaia, 24% dos entrevistados disseram ter um segundo time e o Flamengo lidera a lista com 4%. Palmeiras, Corinthians e São Paulo, com 2%, também apresentaram números de destaque.

A coleta dos dados também mostrou que os jovens são mais fieis, ou seja, é um público que tem menos torcedores com um segundo time. Apenas 20% dos torcedores de 16 a 30 anos afirmaram que torcem para outra equipe brasileira. Na faixa dos 31 a 50 anos, o número sobe para 26% A partir dos 51 anos, o percentual é de 30%.





envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

CRIA DO NINHO! ATACANTE PODE DEIXAR O FLAMENGO NESTA TEMPORADA POR EMPRÉSTIMO- CONFIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

PARCELADO! ENTENDA COMO FOI A OPERAÇÃO E VALORES DA VENDA DE FABRÍCIO BRUNO AO WEST HAM PELO FLAMENGO

 

Icon Comentário0
Futebol

OPERAÇÃO DE MILHÕES! QUANTO CUSTOU FABRÍCIO BRUNO E QUANTO RENDEU EM SUA VENDA AO WEST HAM - CONFIRA AQUI

 

Icon Comentário0