Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

DE OLHO NO RIVAL, FLAMENGO! BOTAFOGO AFASTA DETAQUE DA TEMPORADA POR CONTA DE SUPOSTA AGRESSÃO

Ex-namorada publicou vídeo com forte relato nas redes sociais, registrou boletim de ocorrência e passou por corpo de delito

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

Próximo adversário do Flamengo no Brasileirão, o Botafogo terá um desfalque, mas por motivo lamentável. O meia Kauê, de 19 anos, foi afastado após grave denúncia de violência contra a mulher. Na última segunda-feira (22), Isabella, ex-namorada do jogador, publicou um vídeo aos prantos em suas redes sociais alegando ter sigo agredida pelo atleta.

A mulher mostra o estado do rosto após as supostas agressões. Além disso, ela revela o uso de medicações em excesso na tentativa de atentar contra a própria vida. O caso é forte, e Isabella levou para a delegacia, onde registrou um boletim de ocorrência e realizou corpo de delito para confirmar as agressões.

Outra atitude adotada por Isabella foi pedir na Justiça uma medida protetiva contra o jogador, buscando limitar o acesso de Kauê a ela. A assessoria do jogador desmente o caso, mas Kauê agora tem um grande problema e será investigado. Enquanto isso, terá que ficar bem longe dos gramados.

Isso porque o Botafogo tomou a decisão de afastar o jogador até provar sua inocência. Caso isso não aconteça e Kauê seja, de fato, culpado, provavelmente ele não voltaria a jogar pelo clube. A nota oficial da equipe de John Textor foi publicada na noite de segunda-feira, após o ocorrido vir à tona nas redes sociais.

Nota do Botafogo sobre o caso Kauê


“O Botafogo tomou conhecimento no início da noite desta segunda (22) de relatos de agressão envolvendo o atleta Kauê e sua ex-namorada Isabella. Por decisão da Diretoria, o jogador será afastado por tempo indeterminado até o esclarecimento dos fatos e atuação das autoridades competentes. O Botafogo repudia todo e qualquer ato de violência, sobretudo aqueles praticados contra as mulheres”, escreve o clube.

Flamengo e Botafogo se enfrentam no domingo (28), às 11h (Horário de Brasília), no Maracanã, pela quarta rodada do Brasileirão.



Futebol

"JAMAIS VAI APAGAR A HISTÓRIA QUE CONSTRUÍ", DESABAFA GABIGOL APÓS PERDER A CAMISA 10

Atacante também foi multado pela diretoria

Marcelo Cortes/CRF
Marcelo Cortes/CRF

  |

Icon Comentário0

A diretoria do Flamengo foi dura e objetiva na tarde desta sexta-feira. Isso porque o rubro-negro carioca multou e retirou a camisa 10 de Gabigol. Sendo assim,  o jogador desabafou nas redes sociais sobre a decisão do clube. A punição aconteceu em razão da foto vazada do atleta com a camisa do Corinthians.

O atacante explicou que acata a decisão e respeita o comando do Flamengo, mas também afirmou que o episódio não apagará a sua história com o Rubro-Negro.


CONFIRA A NOTA COMPLETA DE GABIGOL SOBRE A POLÊMICA COM O FLAMENGO

"Naquele dia 12/11 de 2022, depois de ter sentido as maiores emoções da minha vida com as glórias e expressivas conquistas pelo Flamengo, o clube me presenteou com uma camisa muito especial, a 10, simplesmente o manto usado por nosso maior ídolo, o Zico.

Confesso que senti uma certa insegurança, pois junto com aquela camisa, vinha também um grande peso de responsabilidade.


No Flamengo, encontrei minha melhor versão e vivo o melhor ciclo da minha carreira. Sou fascinado por titulos e sempre expressei isso no excesso de vontade dentro de campo, que muitas vezes é interpretado de forma errada.

O Flamengo me proporcionou ganhar muitos títulos (2 Libertadores, 2 Brasileiros, 1 Copa do Brasil, 1 Recopa Sul-americana, 2 Supercopas do Brasil e 4 Cariocas) e viver esses momentos mágicos com a nação e ser acolhido pela maior torcida da América, isso sim é o verdadeiro significado da palavra felicidade.

Nesses mais de 5 anos de alegria,e algumas tristezas, sempre tive uma certeza, a do meu amor por esse clube, a do amor pela nação rubro-negra.

Hoje fui comunicado pelos diretores do Flamengo que não vestirei mais a 10. Cabe a mim aceitar e respeitar o comando do clube. Mas isso jamais vai apagar a história que construí com meus companheiros de equipe. Aceito a próxima camisa e vou dar a vida em campo pelo Mengao até o fim da nossa história.

Te amo, Flamengo!"

Gabi viaja para o Amazonas

Apesar de todo o ocorrido, a diretoria rubro-negra decidiu não punir o jogador com relação a entrar em campo. Com isso, o agora ex-camisa 10, viajará para a Manaus, onde o Fla encara o Amazonas pela terceira rodada da Copa do Brasil. O confronto ocorrerá na próxima quarta-feira, dia 22.


Futebol

AMAZONAS X FLAMENGO TERÁ GABIGOL À DISPOSIÇÃO DE TITE? CONFIRA.....

Flamengo decidiu tudo após reunião com o atacante

Reprodução
Reprodução

  |

Icon Comentário0

Em reunião no Ninho do Urubu nesta sexta-feira, o Flamengo definiu a punição para Gabigol devido à foto com a camisa do Corinthians. Além de ser multado em 10% do salário, o atacante não poderá mais usar o lendário número 10. As punições, no entanto, param por aí. O jogador integrará normalmente a delegação que viajará para Manaus na próxima semana.

A informação é de Mauro Cezar Pereira. De acordo com o jornalista, Gabigol não está afastado do elenco e seguirá realizando os trabalhos ao lado do grupo principal. Na próxima quarta-feira, dia 22, o Flamengo enfrenta o Amazonas, na Arena da Amazônia, e o atacante viajará normalmente para o jogo da Copa do Brasil.


No entendimento da diretoria rubro-negra, retirar Gabigol da longa viagem para Manaus seria uma espécie de prêmio ao jogador. Durante a reunião, Marcos Braz apenas comunicou as punições e não houve qualquer tipo de discussão com o jogador. Na visão do Flamengo, caso a foto fosse falsa, como alegou Gabriel, ela deveria ter sido apresentada.


Supervisor do Flamengo leva advertência

Além de Gabriel Barbosa, a punição também se estendeu ao supervisor Márcio Santos, mais conhecido como Marcinho. O profissional aparece na polêmica foto atrás de Gabigol. Segundo Mauro Cezar Pereira, o Flamengo irá advertir o supervisor por conta de sua função de supervisão. Pelo seu cargo, Márcio deveria ser a pessoa que, no entendimento da diretoria, poderia advertir e repreender Gabriel na ocasião.



Futebol

CASO DA AGRESSÃO DE MARCOS BRAZ EM TORCEDOR DO FLAMENGO INOCENTA VÍTIMA , DIZ JORNALISTA

O Ministério Público destaca que não há indícios de ameaça por parte de Leandro em relação a Marcos Braz ou sua filha, lançando dúvidas sobre a motivação por trás dessa agressão gratuita.

Foto: Gabriel Andrade
Foto: Gabriel Andrade

  |

Icon Comentário0

O shopping que  foi palco de um episódio lamentável que resultou em agressões físicas a Leandro, desencadeadas por Marcos Braz e seu amigo, Carlos André. A investigação, que envolveu a análise minuciosa das imagens do circuito de segurança e depoimentos de testemunhas, revelou um cenário de perseguição e violência sem provocações aparentes.

As câmeras de segurança do shopping captaram o momento em que Braz e Carlos André seguiram Leandro por um dos corredores, desferindo socos e chutes sem qualquer motivo aparente. A brutalidade da agressão só cessou quando a equipe de segurança do estabelecimento interveio, contendo os agressores. As imagens, por si só, são chocantes e geraram indignação na comunidade local.

O Ministério Público, após análise criteriosa do material recolhido, ressalta que não há indícios de que Leandro tenha ameaçado Marcos Braz ou sua filha, contradizendo qualquer argumento de legítima defesa. Esse ponto é crucial, pois coloca em xeque a motivação por trás do ato de violência, que aparentemente não foi desencadeado por um ato de autodefesa, mas sim por motivos ainda não esclarecidos.

A sociedade, ao tomar conhecimento dos detalhes do incidente, se vê confrontada com a preocupante realidade da violência gratuita em locais tidos como seguros, como é o caso de um shopping. A confiança no ambiente público, essencial para a vida em comunidade, é abalada quando cidadãos comuns se tornam vítimas de agressões injustificadas.


A falta de provocações visíveis torna ainda mais complexa a compreensão do ocorrido. O que teria levado Marcos Braz e Carlos André a perseguirem Leandro de forma tão agressiva? Essa pergunta paira sobre a investigação, gerando uma busca incessante por motivações que possam esclarecer o motivo pelo qual uma discussão, que poderia ser resolvida de maneira pacífica, escalou para a violência física.


Além disso, a atuação da equipe de segurança do shopping no momento do incidente levanta questionamentos sobre a eficácia dos protocolos de segurança do estabelecimento. A rapidez com que a situação foi controlada é um ponto positivo, mas a ocorrência do incidente em si revela a necessidade de uma revisão mais profunda desses protocolos.

A comunidade, diante desses eventos, clama por justiça. O papel do sistema jurídico agora é crucial para garantir que os responsáveis pelas agressões sejam devidamente responsabilizados pelos seus atos. A transparência no processo legal é vital para restabelecer a confiança na justiça e na capacidade do sistema de lidar com casos de violência como este.


A mídia local tem o papel de informar e esclarecer a população sobre o andamento da investigação, promovendo uma cobertura jornalística responsável e imparcial. O direito à informação é essencial para que a comunidade compreenda os desdobramentos do caso e possa formar opiniões embasadas.

Não podemos ignorar a necessidade de reflexão sobre a cultura de violência que parece permear alguns setores da sociedade. A agressão gratuita não só prejudica a vítima imediata, mas também compromete a segurança e a coesão social. É urgente que as autoridades locais e a sociedade como um todo se unam para buscar soluções que combatam essa cultura e promovam a tolerância e o diálogo.

A defesa dos direitos individuais e a proteção da integridade física de cada cidadão são pilares fundamentais de uma sociedade justa e equitativa. Este incidente no shopping XYZ não é apenas um caso isolado, mas um alerta para a necessidade de reavaliação constante das práticas sociais e de segurança que regem nosso convívio diário.

A partir desse episódio, é imperativo que a sociedade se engaje em diálogos construtivos sobre prevenção da violência, resolução pacífica de conflitos e fortalecimento das instituições que garantem a ordem e a justiça. A responsabilidade coletiva de criar um ambiente seguro e harmonioso é um compromisso que todos devemos assumir para evitar que situações como essa se repitam no futuro.


envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

FLAMENGO X MILLONARIOS: INFORMAÇÕES SOBRE INGRESSOS O JOGO DA CONMEBOL LIBERTADORES

 

Icon Comentário0
Futebol

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO FLAMENGO PARA O JOGO CONTRA O AMAZONAS, NA PRÓXIMA SEMANA

 

Icon Comentário0
Futebol

SABE O VALOR DA MULTA LEVADA POR GABIGOL? CONFIRA AQUI...

 

Icon Comentário0