Logotipo Gazeta do Urubu
pt-br
Futebol

QUAIS SÃO AS OPÇÕES DE TITE PARA A ZAGA NA FINAL DO CARIOCA? CONFIRA AS 'DUPLAS' DO FLAMENGO

O Mais Querido trabalha desgaste dos jogadores e o rodízio não é descartado com partidas pelo estadual e pela Libertadores intercaladas

Créditos: Divulgação
Créditos: Divulgação

  |

Icon Comentário0

A estreia pela Libertadores na altitude de Bogotá desgastou uma parte do elenco do Flamengo. Na reapresentação do time nesta quinta-feira (04), Tite usou todos os jogadores, mas a dúvida está sobre a escalação para a final de domingo (07). Podendo adotar o rodízio de minutagem, o treinador tem seis opções para formar a dupla de zaga na decisão contra o Nova Iguaçu, no Maracanã.

Léo Pereira foi preservado do jogo diante do Millonarios (COL) e Fabrício Bruno está com fadiga física. Dessa forma, a comissão técnica de Tite trabalha opções para definir a dupla de zagueiros do time titular no segundo duelo da final estadual.


Tite tem cinco zagueiros no elenco: Fabrício Bruno, Léo Pereira, David Luiz, Léo Ortiz e Cleiton. Levando em consideração que o mais jovem é a quinta opção, o treinador trabalha com seis opções para o setor defensivo. Confira as seis opções à disposição do treinador: 

- Fabrício Bruno e Léo Pereira


- Fabrício Bruno e David Luiz


- Léo Pereira e David Luiz

- Fabrício Bruno e Léo Ortiz


- Léo Ortiz e Léo Pereira

- David Luiz e Léo Ortiz


Na partida contra o Millonarios (COL), Tite usou Fabrício Bruno e David Luiz. Sendo assim, Léo Ortiz seguiu no banco de reservas a espera de uma oportunidade para estrear pelo Flamengo. Entretanto, vale lembrar que o convocado da Seleção Brasileira e Léo Pereira compõem a dupla de zaga titular.

O primeiro treino do Flamengo com foco na final do Carioca aconteceu nesta quinta-feira (04). Ou seja, ainda restam as atividades de sexta (05) e sábado (06) para Tite definir a escalação do Rubro-Negro para a decisão estadual, marcada para as 17h (horário de Brasília) deste domingo (07), no Maracanã.


Futebol

ABRE O OLHO FLAMENGO! CORINTHIANS TEM ENORME CRISE COM PATROCINADORES

O escândalo abala não apenas a reputação do Corinthians, mas também a confiança dos torcedores

Foto: Internet
Foto: Internet

  |

Icon Comentário0

Um terremoto sacode as estruturas do Corinthians, um dos gigantes do futebol brasileiro, com a revelação de um escândalo de corrupção que envolve seu contrato de patrocínio máster. Segundo investigações conduzidas pelo jornalista Juca Kfouri, do portal "Uol", o acordo com a empresa Vai De Bet está sob sérias suspeitas de atividades fraudulentas.

A negociação, intermediada pela empresa Rede Social Media Design Ltda, desencadeou o pagamento de quantias altamente suspeitas ao clube paulista. Em um curto período, o Corinthians transferiu R$ 1.4 milhão para a referida empresa. No entanto, o destino final desses fundos levanta sérias interrogações sobre a legitimidade da transação.


COMO VAI SER  A PARTIR DE AGORA 

Os valores enviados pela Rede Social Media Design Ltda foram posteriormente direcionados para a empresa Neoway. O problema reside no fato de que a Neoway possui laços com uma figura enigmática, Edna Oliveira dos Santos, cujo endereço fornecido parece ser fictício. Edna, moradora de uma modesta residência em Peruíbe, negou qualquer conhecimento sobre os negócios em seu nome.

Tudo indica que Edna foi utilizada como "laranja" nesse esquema criminoso, possivelmente sem o seu próprio conhecimento. A suspeita gira em torno da utilização indevida de seus dados pessoais. Além disso, o endereço registrado da Neoway não corresponde à realidade, sugerindo mais uma camada de fraude.


O envolvimento interno no Corinthians também é alarmante. Descobriu-se que os pagamentos de R$ 700 mil foram autorizados pelo diretor administrativo do clube sem a aprovação do diretor financeiro. Essa falta de transparência levanta sérias questões sobre a gestão financeira da instituição esportiva.



Futebol

JORNALISTA DETONA CASO GABIGOL! "CREDIBILIDADE COM A TORCIDA DO FLAMENGO FOI PRA LATA DE LIXO"

A atuação da assessoria de Gabigol também foi duramente criticada.

Foto: Internet/Flamengo
Foto: Internet/Flamengo

  |

Icon Comentário0

Nos últimos dias, uma polêmica envolvendo o atacante Gabigol, do Flamengo, e sua equipe de assessoria tomou conta das discussões esportivas. O estopim foi a acusação feita por André Rizek, renomado jornalista esportivo, que criticou duramente a postura do jogador e de seu staff.

Tudo começou quando Gabigol faltou a um treino do Flamengo. Inicialmente, a justificativa dada pelo jogador e sua equipe foi de que ele estava lidando com problemas pessoais. No entanto, essa explicação não convenceu a todos, e a situação se complicou quando surgiram evidências de que Gabigol estava em um cassino clandestino na Zona Sul do Rio de Janeiro na noite anterior à ausência.


DETONARAM O CASO GABIGOL NAS REDES SOCIAIS 

Em seu programa, Rizek não poupou palavras ao abordar o incidente. “O bem maior que alguém pode ter é a credibilidade. E essa credibilidade foi jogada na lata do lixo pelo Gabigol e pelo estafe dele. Não dá para entender o motivo de terem sustentado por tanto tempo uma mentira”, declarou o jornalista. A fala de Rizek ressoou fortemente entre os fãs e a mídia esportiva, levantando questões sobre a honestidade e a responsabilidade dos atletas profissionais.

A declaração de Rizek acendeu um debate acalorado nas redes sociais. Torcedores e críticos do Flamengo se dividiram entre os que defendiam Gabigol, alegando que problemas pessoais deveriam ser tratados com mais sensibilidade, e os que apoiavam Rizek, exigindo transparência e profissionalismo do jogador. A questão principal girava em torno da confiança e da integridade, tanto de Gabigol quanto da instituição que ele representa.





Futebol

ATÉ ONDE O CARIOCÃO CONTRIBUÍA PARA OS NÚMEROS ABSURDOS DA DEFESA DO FLAMENGO? CONFIRA

Setor defensivo do Mais Querido não sofreu nenhum gol em fevereiro e março, mas só não foi vazado em duas partidas em abril

Tite / Divulgação
Tite / Divulgação

  |

Icon Comentário0

A defesa do Flamengo é uma das melhores do Brasil em números, mas, em abril, teve uma queda de rendimento com relação ao início da temporada. O Rubro-Negro continua sofrendo poucos gols, é verdade, mas a quantidade aumentou de maneira significativa neste mês. Tite e companhia tiveram mais jogos com a meta vazada do que limpa.

É uma situação incomum para quem acompanhou o Flamengo desde o início da temporada. A solidez defensiva é uma das marcas de Tite, mas, em meio à maratona de jogos neste mês, o sistema tem se mostrado um pouco mais frágil. A Trivela explica o que mudou neste período.


Antes de qualquer coisa, é necessário levar em conta que o nível técnico dos adversários do Flamengo aumentou bastante neste mês. Se em fevereiro e março, meses em que passou sem sofrer um gol sequer, o Rubro-Negro disputava apenas o Carioca, abril reservou estreias na Libertadores e no Brasileirão. Por mais que o Estadual tenha os seus clássicos regionais, as nuances são completamente diferentes.


Na Libertadores, por exemplo, o Flamengo enfrentou a altitude duas vezes e foi vazado em ambas, esse fator precisa ser considerado. Em outros jogos, como diante do São Paulo, por exemplo, o Rubro-Negro poderia ter terminado sem sofrer gols.




envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER

envelopeSUBSCREVER NEWSLETTER


+ notícias
Futebol

SE PRONUNCIOU! ZICO PERGUNTADO SOBRE O CASO GABIGOL OPTOU EM NÃO FALAR SOBRE O CASO

 

Icon Comentário0
Futebol

PARABÉNS ÍDOLO! NUNES EX-FLAMENGO COMPLETA 70 ANOS NESTA SEGUNDA-FEIRA

 

Icon Comentário0
Futebol

INCONTESTÁVEL! FILIPE LUÍS EX-FLAMENGO RECEBE CONDECORAÇÃO EM SANTA CATARINA

 

Icon Comentário0